RCB/TuneIn
Terça, 23 Out 2018
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
POLÍTICA
MEDALHA DE OURO PARA O "POVO DO FUNDÃO"
Rádio Cova da Beira
A câmara municipal do Fundão aprovou sexta-feira, por unanimidade, distinguir com a medalha de ouro da cidade ao "Povo do Fundão". A distinção honorífica é entregue no próximo dia 9 de Junho, na sessão solene comemorativa do dia do concelho.
Por Paulo Pinheiro em 13 de May de 2018

Para além das medalhas que habitualmente são entregues a funcionários e bombeiros da corporação do Fundão, por atingirem 25 anos de serviço, a medalha de ouro da cidade é a única que o município entrega este ano.

Na base da proposta apresentada pelo presidente do município está o apoio que os populares deram no combate aos incêndios registados em 2017 no concelho

“A população complementou o esforço feito pelos Bombeiros, GNR no combate aos fogos, mas também na onde solidária que durante todos esses dias existiu. Foram centenas de pessoas que desde víveres à componente da logística se mobilizaram para talvez no momento mais difícil da nossa história em calamidades, o Povo do Fundão dissesse presente”, defendeu o edil fundanense.

Paulo Fernandes propôs ainda que a medalha fique no salão nobre dos Paços do Concelho “para memória futura daquilo que aconteceu no Verão passado”, explicou.

 

Será Luís Pina, habitante de Alpedrinha que ficou gravemente ferido no incêndio que fustigou a vila de 14 para 15 de Agosto de 2017. Também conhecido por Luís Pina, o homem ficou com 30% do corpo queimado tendo sofrido queimaduras de terceiro grau. Luís Silva está excluído de apoios o Estado porque a data do fogo de Alpedrinha está fora do calendário estipulado pelo Governo (Junho e Outubro)

“Será ele que vai receber a distinção em nome do povo colectivo que muito nos orgulhou e que nos momentos mais difíceis nos deu força para reagir, num cenário dantesco que nos aconteceu”, salienta Paulo Fernandes.

 

A vereadora do PS, Joana Bento, que votou favoravelmente a proposta, reafirmou a necessidade da maioria no executivo “fazer de tudo o que estiver ao seu alcance, dentro do que são as competências do município, para minimizar tudo o que foi esta situação vivida em 2017 e acima de tudo e preparar o município para que não aconteça novamente uma tragédia como a registada no ano passado”.


  Redes Sociais   Facebook

2007—2018 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados