RCB/TuneIn
Domingo, 21 Out 2018
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
POLÍTICA
BELMONTE: PELOUROS REDISTRIBUIDOS
Rádio Cova da Beira
A câmara municipal de Belmonte aprovou por unanimidade uma proposta de redistribuição de pelouros que foi apresentada por António Dias Rocha na última reunião provada do executivo. A grande novidade passa pela atribuição de pelouros aos vereadores da oposição e Amândio Melo passa mesmo a exercer funções a meio tempo na autarquia.
Por Nuno Miguel em 11 de May de 2018
De acordo com António Dias Rocha, esta proposta tem como principal objectivo melhorar a actividade do município e contribuir para melhorar as condições de vida da população do concelho ““este é um exemplo que mostra a maneira séria como estamos a enfrentar os problemas que a Câmara vai atravessando no dia-a-dia, e estamos convictos que com esta distribuição de pelouros, todos vamos ser mais úteis à nossa população, e com certeza vamos criar melhores condições de diálogo entre nós”.
O presidente da autarquia belmontense acrescenta que a atribuição de pelouros aos dois vereadores eleitos pela coligação PSD/MPT é também “um desafio para duas pessoas com provas dadas no concelho e que mostraram a sua grandeza ao aceitar trabalhar com a maioria, o que não quer dizer que tenhamos de estar sempre de acordo”. 
A proposta de António Dias Rocha foi saudada pelo líder da bancada da coligação entre o PSD e o MPT “pelo facto de ter tido esta iniciativa no sentido de juntar esforços, conhecimentos e experiências adquiridas e vividas neste município”, sublinhando que “eu fui eleito como independente e por isso não tenho qualquer compromisso com nenhuma força política mas sim com as populações do concelho”.
Amândio Melo sublinha que face à experiência acumulada durante vários anos na autarquia não podia recusar este desafio “não poderia ficar de fora e recusar-me a participar, tenho consciência que adquiri experiências durante muito anos que podem ser úteis, há da minha parte uma disponibilidade para colaborar de uma forma positiva e construtiva, no sentido de dar apoio à administração que foi eleita com maioria, e que nem precisava de recorrer aos vereadores da oposição”.
Amândio Melo, para além de ocupar o lugar de vereador a meio tempo, vai ficar com a gestão e direcção dos recursos humanos dos serviços municipais, parques, jardins, limpeza, manutenção das redes viárias, gestão do património cultural e turístico e ainda com o pelouro da educação. Luís António Almeida vai ficar responsável pela relação com entidades ligadas à justiça e pela ligação com colectividades e associações.
Por parte da maioria socialista, António Dias Rocha, fica com a coordenação geral, planeamento estratégico, gestão financeira, obras públicas, desenvolvimento económico e acção social, turismo, desporto, fundos comunitários e actividades económicas, reabilitação urbana, urbanismo, habitação e saúde e licenciamentos particulares. António Manuel Rodrigues mantém a vice-presidência da autarquia e os pelouros da segurança e protecção civil, contra-ordenações, gestão de infraestruturas municipais, trânsito e transportes. Sofia Fernandes assume os pelouros da juventude e tempos livres, comissão de protecção de crianças e jovens, violência doméstica, reinserção social de jovens e adultos. O despacho da distribuição de tarefas pela vereação refere que as funções de Sofia Fernandes vão ser executadas com carácter de representação institucional.

  Redes Sociais   Facebook

2007—2018 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados