RCB/TuneIn
Terça, 22 Mai 2018
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
SOCIEDADE
PEREGRINOS A CAMINHO DE F√ĀTIMA I
Rádio Cova da Beira
Desde 2015 que a Associa√ß√£o de Caminheiros Rosa Negra (Covilh√£) organiza peregrina√ß√Ķes a F√°tima. Este ano, o grupo √© composto por 30 peregrinos, mais 20 do satff de apoio, saiu esta ter√ßa-feira da Covilh√£ e a chegada ao ‚ÄúAltar do Mundo‚ÄĚ est√° prevista para o pr√≥ximo s√°bado.
Por Paulo Pinheiro em 09 de May de 2018

Numa paragem para repor energias, Carlos Farias, um dos membros da organização, destaca à RCB o ambiente de alegria, confraternização, camaradagem e de entre ajuda que se vive no seio do grupo “é uma característica da nossa associação”, frisa. Aquele responsável realça ainda a presença, em maior número e com mais frequência, de agentes da autoridade “ao nosso lado, querendo saber se precisamos de alguma coisa. É justa uma palavra de reconhecimento para eles”.

 

Há cerca de 18 anos que Carlos Farias faz estas peregrinações, há Guias que já caminham há oito, dez e doze anos, e todos admitem a dureza da iniciativa

“Não é nada fácil. Ninguém é mais que ninguém e todos sentimos dores, mas não as podemos transmitir aos peregrinos”, afirma.

 

Quando questionado sobre a etapa mais difícil dos muitos quilómetros que percorrem, Carlos Farias é peremptório “para mim são todas. Todos os dias é uma etapa, o tipo de terreno é diferente, mas quantos mais dias vão passando mais doloroso se torna. São muitos quilómetros, o cansaço é muito e o descanso é escasso”, conclui Carlos Farias.

Oleiros é o final do percurso desta terça-feira. Na próxima madrugada, pelas três horas, é retomada a peregrinação rumo a Cernache do Bonjardim.

 

 

FOTO: Aida Macedo. 

 


  Redes Sociais   Facebook

2007—2018 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados