RCB/TuneIn
Terça, 22 Mai 2018
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
POLÍTICA
PERABOA: CONTAS APROVADAS
Rádio Cova da Beira
Com o voto contra dos três eleitos da oposição, a assembleia de freguesia de Peraboa provou por maioria o relatório de gestão da autarquia referente a 2017. Os documentos estiveram em cima da mesa na última reunião do órgão e mereceram duras críticas por parte dos eleitos do movimento “Acima de tudo Peraboa”.
Por Nuno Miguel em 09 de May de 2018
De acordo com o líder de bancada, Eduardo Brás “foi pedido da nossa parte o acesso a vários documentos e o senhor presidente da junta alega que, de acordo com um artigo legal, nós não temos acesso às contas de 2017 para trás. Eu tive a preocupação de me informar sobre isso e isso não corresponde à verdade uma vez que a assembleia tem sempre acesso a qualquer documentação desde que tal seja requerido. Para além disso também ainda houve atrasos na informação que nos foi enviada. Por isso decidimos votar contra porque não tivemos qualquer suporte que nos permitisse verificar se os números apresentados correspondem ou não à realidade”.
Críticas que o presidente da junta de freguesia rejeita. Sílvio Dias destaca que os números mostram uma taxa de execução na ordem dos 70 por cento. Já quanto à entrega tardia da documentação, o autarca admite que existiu um lapso no envio de alguns elementos por parte da mesa da assembleia mas a situação não inviabiliza uma análise real a este relatório de gestão “esse atraso apenas se verificou porque houve um lapso ao nível da assembleia e entretanto o presidente assumiu essa lacuna e acabou por explicar isso de uma forma clara. Tivemos no ano passado uma taxa de execução de 78 por cento, o nosso orçamento entrou dentro da realidade e dos projectos que existiam e penso que em situações de mais valia para a freguesia. Logo no início da assembleia tive oportunidade de anunciar que vamos adquirir um tractor com alfaias agrícolas para a freguesia o que nos vai possibilitar fazer limpeza de valetas e arranjar alguns caminhos. Se as nossas contas não estivessem estáveis não poderíamos adquirir este equipamento que é de valor mais elevado”. 

  Redes Sociais   Facebook

2007—2018 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados