RCB/TuneIn
Quinta, 16 Ago 2018
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
SOCIEDADE
CATARATAS: AUMENTAR SUCESSO DA CIRURGIA
Rádio Cova da Beira
O docente do Departamento de Física (Faculdade de Ciências da Universidade da Beira Interior), Luís Miguel Caixinha, está a desenvolver um dispositivo que poderá reduzir os riscos associados à operação às cataratas.
Por Paulo Pinheiro em 06 de May de 2018

Outras da categoria:

Trata-se de um dispositivo – Eye Scan and Ultrassound System – que fornecerá ao médico informação rigorosa sobre o problema ocular, diminuindo a probabilidade de se romper a cápsula posterior do cristalino, no contexto da intervenção.

 

No caso do projeto de investigação cumprir os objetivos e ser usado no quotidiano por oftalmologistas e optometristas, a ferramenta servirá para fornecer dados em tempo real acerca da dureza da catarata e sua localização, com capacidade para determinar o nível adequado de energia de facoemulsificação ou facolaser, minimizando desta forma as complicações cirúrgicas associadas à extração de cataratas densas.

 

O dispositivo médico será usado também no diagnóstico, possibilitando um diagnóstico sub-clínico da catarata – detetando as primeiras agregações proteicas – bem como a classificação objetiva e localização da catarata no volume do cristalino. Os estudos pré clínicos resultaram numa capacidade de deteção sub-clínica, classificação objetiva e localização de 99.7%

 

Luís Miguel Caixinha, que é docente do curso de Optometria e Ciências da Visão e Membro do Centro Clínico e Experimental em Ciências da Visão da UBI, obteve para a investigação deste dispositivo um financiamento de 240 mil euros, da parte da Fundação para a Ciência e Tecnologia (FCT) e H2020, para os próximos dois anos.

 

O projecto tem a designação de “Desenvolvimento de um dispositivo médico baseado em ultrassons para caracterização objectiva da catarata e determinação do nível óptimo de energia de facoemulsificação” e será desenvolvido na Universidade de Coimbra e no Centro Cirúrgico de Coimbra.

 

 

 

UBI/RCB 


  Redes Sociais   Facebook

2007—2018 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados