RCB/TuneIn
Terça, 23 Out 2018
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
POLÍTICA
MOVIMENTO PELO INTERIOR LANÇA PROPOSTAS EM BELÉM
Rádio Cova da Beira
O Movimento Pelo Interior apresenta no próximo dia 18 de Maio 2018, em Belém, as propostas para desenvolver este território e combater a desertificação.
Por Paulo Pinheiro em 29 de Apr de 2018

Na edição desta semana, o Expresso avança que uma das propostas do Movimento é "desviar fundos do Litoral". Miguel Cadilhe, um dos membros do MPI e ex- ministro de Cavaco Silva, propõe que o regime contractual do investimento passe a ser exclusivo do Interior do país.  O regime estabelece os benefícios a contractualizar pelo estado em investimentos superiores a 25 milhões de euros.

As propostas ficam fechadas a 4 de Maio , em Viseu, e são apresentadas no dia 18 de Maio, no Palácio de Belém, com o patrocínio do Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa.

Para desafiar o Governo e o sistema político, em cima da mesa estão outras propostas ao nível de benefícios financeiros e fiscais "só o investimento no Interior pode ter incentivos do Estado: 12,5% de IRC para todas as empresas que invistam no Interior; reinvestimento de lucros sem restrições,  20% de IRS para quem for trabalhar para estes territórios.

A ocupação do território é outro dos temas em análise. O Movimento Pelo Interior defende a obrigatoriedade de que os novos serviços do Estado sejam instalados no Interior e alguns dos existentes, Tribunal Constitucional e Provedoria da Justiça, possam, como hipótese, passar para Coimbra.

No que respeita aos benefícios fiscais, uma das hipóteses em estudo passa pela redução na idade da reforma para trabalhadores que se deslocalizem para estas regiões. 

Com a entrega das propostas, o Movimento extingue-se e, ao semanário Expresso, Miguel Cadilhe afirma que "tanto ou mais do que o dinheiro, o factor decisivo é a coragem política".   


  Redes Sociais   Facebook

2007—2018 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados