RCB/TuneIn
Quinta, 24 Mai 2018
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
POLÍTICA
“ESTOU NA EXPECTATIVA”
Rádio Cova da Beira
O presidente da câmara de Belmonte espera que o governo informe, até final deste mês, as autarquias que integram o sistema multimunicipal das “Águas do Vale do Tejo” sobre o valor total das dívidas existentes à empresa, assim como os planos de pagamento para a sua liquidação.
Por Nuno Miguel em 24 de Apr de 2018
Na última reunião da assembleia municipal, António Dias Rocha refere que esse compromisso foi estabelecido numa reunião que sentou à mesma mesa as autarquias e o secretário de estado do ambiente, tendo em vista ultrapassar um impasse que se arrasta há vários anos “nessa reunião foi-nos transmitido que até ao final deste mês as «Águas de Portugal» vão informar as câmaras sobre qual é a dívida de cada uma e qual é a fórmula que nos propõem para fazer o pagamento. Depois disso vai ser agendada uma nova reunião em Maio e eu estou com alguma expectativa até porque temos a noção de que em termos de saneamento os investimentos não foram feitos. Em termos da água, ao sermos abastecidos pelo Sabugal, se calhar com um pequeno investimento nas nossas estruturas de captação de água o problema da nossa população seria resolvido. Temos de falar nestas coisas todas e podem ter a certeza de que eu não me irei calar”. 
Nesta reunião do órgão, o presidente da autarquia foi confrontado pela bancada da coligação entre o PSD e o MPT sobre o facto de a água já ter sido uma fonte de receitas para o município e que entretanto foi perdida. António Dias Rocha sublinha que só existe uma forma de inverter esse paradigma “é aumentar as tarifas de água, saneamento e de recolha de resíduos. Não esqueçam que a água de Belmonte é a mais baixa do país. O senhor deputado referiu que a água já foi uma receita e agora é uma despesa e esta é a única forma de voltar a ser novamente receita. Eu não o quero fazer e enquanto puder aguentar é isso que vou fazer mas é provável que se não mexermos nestas tarifas há algumas coisas que não podemos fazer”. 

  Redes Sociais   Facebook

2007—2018 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados