RCB/TuneIn
Terça, 22 Mai 2018
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
POLÍTICA
JSD DE CASTELO BRANCO REFORÇA PRESENÇA EM ÓRGÃOS NACIONAIS
Rádio Cova da Beira
Hugo Lopes, Márcia Nunes, Daniela José e Tiago Lucas são os representantes do distrito de Castelo Branco na nova estrutura nacional da JSD. A eleição foi feita no congresso que decorreu no último fim de semana, em que Margarida Balseiro Lopes foi eleita como nova presidente da comissão política nacional.
Por Nuno Miguel em 20 de Apr de 2018
Hugo Lopes foi eleito como primeiro vogal da comissão política nacional, Márcia Nunes é vogal suplente do mesmo órgão. Daniela Dias José e Tiago Lucas foram eleitos para o novo conselho nacional. Nelson Carvalho e Diogo Freire vão também integrar, como suplentes, a mesa do congresso e a comissão eleitoral independente.
Em comunicado, a JSD distrital refere que “com estes resultados, o distrito de Castelo Branco alcançou uma das melhores posições qualitativas de sempre, exceptuando o ano de 2012. Não obstante ter sido um congresso disputado e que dificultava a eleição dos membros, conseguimos duplicar o número de eleitos nos dois principais órgãos da JSD, entrando directamente e sem necessidade de nomeações”. Também as quatro moções sectoriais apresentadas pela JSD de Castelo Branco mereceram a aprovação neste congresso. “Portugal Universitário 2030”, “Floresta e Ordenamento do Território”, “Garantir um Futuro com Saúde” e “Turismo como Motor da Competitividade do Interior” são propostas que a estrutura pretende agora implementar, bem como a proposta de revisão estatutária elaborada por Hugo Lopes em conjunto com a presidente da JSD Distrital de Évora, Ângela Caeiro, que se propõe a refundar internamente a estrutura. A JSD Distrital de Castelo Branco acrescenta que os resultados obtidos neste congresso “são o fruto do reconhecimento do trabalho desenvolvido em prol da defesa dos jovens da Beira Baixa. A estrutura pretende, assim «Conquistar Portugal» através do mérito e da qualidade em vez da quantidade, pugnando pelos temas da coesão territorial e pelo prisma da interioridade como oportunidade”.

  Redes Sociais   Facebook

2007—2018 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados