RCB/TuneIn
Segunda, 09 Dez 2019
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
SOCIEDADE
ENFERMEIROS DESMOTIVADOS
A direc??o regional de Castelo Branco do Sindicato dos enfermeiros de Portugal (SEP) tem muitas d?vidas, sobre o destino do Hospital do Fund?o. A estrutura sindical teme que o fecho das urg?ncias seja o primeiro passo para uma reestrutura??o mais profunda desta unidade de sa?de da responsabilidade de outras entidades que n?o o CHCB.
Por César Duarte Ferreira em 18 de Jan de 2008
“Um serviço já desapareceu, outros vão desaparecer”, foi esta a reacção de Conceição Rodrigues delegada sindical da direcção regional dos Enfermeiros de Portugal, ao recente encerramento das urgências do Hospital do fundão. Esta medida, leva a que esta estrutura sindical duvide dos novos projectos que anunciam o alargamento territorial e de serviços deste hospital: “ não é verdade, porque já não existe um serviço ao qual as pessoas recorriam com segurança e confiança furto dos profissionais que aí trabalhavam”.Sobre os enfermeiros, Conceição Rodrigues garante que estão a viver uma situação de “desespero e desmotivação “, porque “não têm contacto com as pessoas, com os utentes e isto é muito perturbador porque estavam habituados a lidar diariamente  com os utentes. Estavam ao lado dos doentes.”A delegada sindical, afirmou ainda “ não consigo compreender como é que o conselho de administração do centro hospitalar da Cova da Beira(CHCB) disponibilizou-se de forma tão gratuita e leviana, enfermeiros que têm formação para serviços de ARSS, quando no hospital da Covilhã existe carência de enfermeiros”.

  Redes Sociais   Facebook

2007—2019 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados