RCB/TuneIn
Segunda, 22 Out 2018
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
SOCIEDADE
MUTUALISTA ASSINA PROTOCOLOS
Rádio Cova da Beira
A associação de socorros mútuos da Covilhã vai alargar o raio de acção do funcionamento da sua unidade móvel da saúde. Depois da experiência que começou a ser desenvolvida há cerca de um ano na aldeia dos Trigais, no concelho da Erada, a instituição vai agora também a passar a disponibilizar esse serviço em mais sete localidades das freguesias de Aldeia de São Francisco de Assis e de São Jorge da Beira.
Por Nuno Miguel em 14 de Apr de 2018
Na cerimónia de assinatura do protocolo para a concretização prática deste projecto o presidente da direcção da mutualista, Nélson Silva, sublinha que “este projecto visa responder a uma lacuna que no fundo é a falta de resposta da própria administração central nestas localidades. Nós, de uma forma prévia, procurámos encontrar quais eram as freguesias que necessitavam de uma resposta deste tipo. Tivemos que fazer uma primeira selecção, estamos satisfeitos com o trabalho e com os resultados que temos alcançado e se tudo correr de acordo com a nossa expectativa esperamos no final deste ano estar em condições de alargar este projecto a mais algumas freguesias sempre com um entendimento prévio com a câmara municipal”.   
José Trindade Branco, presidente da junta de freguesia de São Jorge da Beira, sublinha que a autarquia aceitou desde a primeira hora integrar este projecto logo que a questão foi colocada “a freguesia de São Jorge da Beira é o interior do interior do concelho da Covilhã e nós aderimos com a finalidade de dar mais e melhores serviços de saúde à nossa população. Nós apenas temos médico durante meia tarde por semana e desta forma vamos juntar esta nova oferta e com isso esperamos contribuir para melhorar a qualidade de vida das pessoas”.  
Já a presidente da junta de Aldeia de São Francisco de Assis, Joana Campos, não tem dúvidas em afirmação que o reforço da prestação deste serviço é uma mais valia para as populações de todo o couto mineiro “nós temos um médico durante dois dias semanas mas existe um limite de consultas e ainda são atendidos alguns casos de urgência. É uma mais valia sem dúvida, as nossas populações estão a uma hora de distância da sede de concelho e espero que mais iniciativas destas possam vir por parte da mutualista porque nós estaremos de braços abertos para as aceitar”: 
Para além do alargamento de serviços a estas localidades, a mutualista renovou também o protocolo com a autarquia da Erada para manter o serviço médico durante uma vez por mês na aldeia de Trigais. Uma aposta que refere o autarca eradense, João Almeida “foi uma bênção para a população de Trigais. O médico desloca-se lá uma vez por mês, neste primeiro ano já contabilizámos 126 consultas, o que é muito bom. Sempre que a carrinha chega as pessoas ficam com um sorriso na cara e naturalmente que sem este protocolo não era possível criar esta resposta uma vez que as pessoas dos Trigais não viram um médico durante dez anos”.
Entre a mutualista e a câmara da Covilhã foi também assinado um protocolo para que a autarquia continue a disponibilizar o combustível para a viatura assim como a cedência de um motorista profissional para a sua condição. Vítor Pereira, presidente da autarquia covilhanense, destaca a importância deste projecto no sentido de preencher uma lacuna sentida pelas populações que residem mais longe da sede de concelho “aquilo que não queremos é preencher as lacunas que existem. E não podemos esquecer que, em muitos casos, estamos a falar de localidades que não são bem servidas ao nível da rede de transportes públicos e muitas vezes as pessoas tinham de alugar táxis para poderem aceder aos cuidados de saúde. Este projecto tem essa importância, aliada ao facto de ir ao encontro dessas populações e prestar-lhes os melhores cuidados”.  

  Redes Sociais   Facebook

2007—2018 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados