RCB/TuneIn
Segunda, 16 Jul 2018
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
POLÍTICA
MINISTRO DA SAÚDE TEM QUE BATER O PÉ AO DAS FINANÇAS
Rádio Cova da Beira
O Ministro da saúde tem que bater o pé ao ministro das finanças. Disse ontem à tarde na Covilhã o bastonário da Ordem dos Médicos, Miguel Guimarães, durante a cerimónia da bata branca que marca o início da formação clínica de 130 estudantes de medicina da Faculdade de Ciências da Saúde da Universidade da Beira Interior.
Por Paula Brito em 07 de Apr de 2018

O bastonário pediu aos futuros médicos para defenderem o Serviço Nacional de Saúde (SNS) que não pode continuar capturado pelas finanças.

“O papel que o ministro das finanças está a fazer é importante, ele está a fazer o seu papel como ministro das finanças, ao nível das finanças e economia, e o nosso ministro, o ministro responsável pela saúde tem que fazer o seu papel, tem que defender a saúde dos portugueses e tem que bater o pé ao senhor ministro das finanças a dizer que não se consegue recuperar o SNS apenas com 4,8% do PIB ao SNS.” 

Em véspera de se assinalar o dia mundial da saúde, que este ano se comemora sob o lema “Saúde para todos em todos os lugares”, o bastonário da Ordem dos Médicos disse que ainda há muitas desigualdades na saúde em Portugal.

“Nós ainda temos muitas desigualdades sociais em Portugal e as desigualdades sociais em saúde são muitas, porque neste momento temos algumas deficiências importantes ao nível do SNS, só médicos faltam para cima de 5.500 médicos no SNS, mas também faltam enfermeiros e outros profissionais da saúde, o que quer dizer que vocês têm todos lugar para trabalhar cá, assim o senhor ministro das finanças autorize a contratação das pessoas, mas nós não podemos continuar capturados pelas finanças.”

Na cerimónia, Miguel Castelo Branco, presidente da faculdade de ciências da saúde e director do curso de medicina, apelou ao humanismo como base da formação dos futuros médicos, falou da importância do trabalho em equipa e pediu aos jovens para serem os provedores dos doentes no exercício da medicina.


  Redes Sociais   Facebook

2007—2018 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados