RCB/TuneIn
Segunda, 16 Jul 2018
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
POLÍTICA
CMC INTERVEM NA HABITAÇÃO SOCIAL
Rádio Cova da Beira
A câmara municipal da Covilhã está a realizar o levantamento de todos os problemas, sociais e de habitabilidade, nos bairros de habitação social do concelho. Depois de elaborado o relatório, o objectivo é intervir no maior número de situações possível, começando pelas mais prementes.
Por Paula Brito em 01 de Apr de 2018
 

“Estamos ainda a desenvolver o diagnóstico, estão concluídos três bairros, esse relatório vai prender-se com questões sociais e de condições de habitabilidade, vai tratar-se de um desafio muito difícil mas obviamente termos que se consequentes com o trabalho que estamos a fazer. Não vamos poder fazer tudo o que gostaríamos, quereríamos e que seria desejável ser feito, mas vamos fazer o máximo que nos for possível.”

Regina Gouveia, vereadora com o pelouro da acção social na câmara da Covilhã, respondia na última reunião pública do executivo à questão que foi, de novo, levantada pelo vereador do CDS-PP, Adolfo Mesquita Nunes.

Segundo a autarca o desafio vai ser grande e a tarefa difícil, devido às condicionantes sobretudo de carácter financeiro.

“Vamos estar à partida condicionados com o problema de, em vez de termos rendas para podermos usar para manutenção que nunca foi feita, e estando elas hipotecadas, além de termos de pagar todos os meses as obrigações bancárias, vamos ter que fazer alguma coisa. Vão ser intervencionados alguns fogos, e nesse âmbito vamos aproveitar tudo o que for possível, mas também nos vai caber desenvolver algum esforço nas intervenções que forem mais urgentes e prementes.”

A Covilhã dispões de mais de 500 fogos de habitação social distribuídos sobretudo pelos bairros das Nogueiras, no Teixoso, da Alâmpada, na Boidobra e do Cabeço, no Tortosendo. 


  Redes Sociais   Facebook

2007—2018 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados