RCB/TuneIn
Sábado, 15 Dez 2018
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
POLÍTICA
PSD “ESTÁ SEDENTO DE PROTAGONISMO”
Rádio Cova da Beira
O presidente da câmara da Covilhã desvaloriza as críticas da concelhia do PSD da Covilhã que veio denunciar, em comunicado, que dois dos elementos que integram o gabinete de apoio ao movimento associativo, que recentemente foi criado pelo município, ter na sua constituição dois dirigentes de colectividades daquele concelho e que podem concorrer aos apoios do município.
Por Nuno Miguel em 31 de Mar de 2018
Para Vítor Pereira, tudo não passa de um «fait divers» de um partido que necessita de fazer prova de vida na Covilhã “essa força política está sedenta de afirmação e tem de dar prova de vida e para fazer isso tudo serve. Se lá não estivesse nenhum dirigente associativo vinham dizer que devia ter porque eles é que tem experiência e acompanham as associações no dia a dia e conhecem as suas dificuldades. Se lá estão, é porque estão. Como diz o povo «preso por ter cão, preso por não ter». É um «fait divers». Não merece outro comentário que não esse”.
O autarca acrescenta que os dois dirigentes referidos pelo PSD “são legítimos representantes do movimento associativo. Criámos este gabinete com pessoas que conhecem a realidade do movimento associativo, conhecem as suas dificuldades e obviamente que não se trata de uma questão de serem juízes em causa própria. Este movimento deve ter gente do movimento associativo como não podia deixar de ser”.
Recorde-se que no comunicado emitido esta semana o PSD da Covilhã afirma que, depois de muitas reivindicações, foi finalmente apresentado o novo regulamento de apoio ao associativismo mas considera que a existência de dois dirigentes neste gabinete de apoio “mina a credibilidade essencial para a distribuição de dinheiro público para o movimento associativo tão importante e tão característico do concelho”.   

  Redes Sociais   Facebook

2007—2018 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados