RCB/TuneIn
Domingo, 22 Abr 2018
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
SOCIEDADE
DEMISSÕES APRESENTADAS
Rádio Cova da Beira
Jorge Saraiva e Hugo Brancal apresentaram as cartas de demissão dos cargos de secretário e de primeiro suplente da mesa administrativa da santa casa da Misericórdia da Covilhã. A entrega das missivas foi feita ao presidente da assembleia geral durante a última reunião do órgão em que foi aprovado o relatório de gestão da instituição referente ao ano passado.
Por Nuno Miguel em 30 de Mar de 2018
Contactado pela RCB, o presidente da mesa da assembleia geral, Alberto Alçada Rosa, confirma a entrega das cartas mas refere que o seu conteúdo não foi analisado. Cabe agora ao órgão avaliar o assunto e posteriormente tomar as medidas mais adequadas “as cartas de demissão foram apresentadas à mesa da assembleia geral cumprindo com aquilo que dizem os estatutos. Agora a mesa vai analisá-las e tomar as acções que entender que são as mais adequadas. Foi ainda apresentada uma terceira carta de demissão por parte da secretária da assembleia geral que foi entregue por questões de saúde. As outras duas cartas são de elementos da mesa administrativa, que foram entregues no decurso da assembleia e que não puderam ser analisadas naquela altura”.  
Alberto Alçada Rosa já leu as duas cartas de demissão onde são invocadas algumas dificuldades de relacionamento entre os elementos da mesa administrativa e que estiveram na base desta situação “todas elas são pessoas muito sérias e provavelmente há estratégias ou modos de agir com as quais não concordam. Mas essa é uma situação que tem de ser analisada. Eu já li as cartas e nelas são invocadas algumas dificuldades de relacionamento que são coisas que acontecem. Estes órgãos sociais já estão em funções há cinco anos e é natural que existem pequenas divergências e formas diferentes de encarar os problemas. A questão vai ser analisada numa reunião posterior, depois de analisadas as cartas e as razões que nelas estão invocadas e saber se a melhor solução é as pessoas saírem ou fazer diligências no sentido de se manterem. Mas sinceramente não sei o que vai acontecer”. 
O presidente da assembleia geral refere que o assunto vai agora ser abordado numa próxima reunião do órgão. Quem também deixou de integrar os órgãos sociais da misericórdia da Covilhã foi Albertina Matos, que abandonou o cargo de secretária da assembleia geral por razões de saúde. Também contactado pela RCB o provedor da instituição, Neto Freire, não quis fazer comentários sobre o assunto, limitando-se a afirmar que não conhece as razões invocadas nestas cartas de demissão. 

  Redes Sociais   Facebook

2007—2018 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados