RCB/TuneIn
Domingo, 22 Abr 2018
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
POLÍTICA
DESPACHO “É ILEGAL DO MEU PONTO DE VISTA”
Rádio Cova da Beira
O vereador do CDS/PP na câmara municipal da Covilhã desafia a maioria no executivo a avançar rapidamente com a revogação do despacho que determina a fixação de um valor mínimo de 50 euros para todos os cidadãos que vivem em casas de habitação social do município.
Por Nuno Miguel em 18 de Mar de 2018
Na última reunião da assembleia municipal a questão voltou a ser colocada em cima da mesa, com a apresentação de vários problemas relacionados com o parque habitacional. Por isso Adolfo Mesquita Nunes voltou a exigir a revogação desse despacho “voltei a questionar o executivo para a necessidade de alterar esse despacho que, do meu ponto de vista, é ilegal e que obriga a que haja uma renda mínima de 50 euros. Que estejam pessoas a viver nestas circunstâncias e ainda tem de pagar rendas de 50 euros quando vivem com absoluta falta de dignidade é, para mim, indigno por parte da câmara. Não voltei a propor a realização de um levantamento das necessidades porque essa foi uma proposta que já apresentei e que foi chumbada”.  
Na resposta o presidente da câmara da Covilhã sublinha que a autarquia está a avaliar as implicações financeiras dessa medida uma vez que, quando foi concretizado o processo de alienação das rendas pelo anterior executivo, foram apresentadas projecções financeiras à banca que tem de ser cumpridas. Por isso Vítor Pereira afirma que “temos que esperar pelo resultado que está a ser feito. De qualquer forma isso não me repugna absolutamente nada uma vez que temos de ser mais rigorosos no apuramento destas situações para evitar que pessoas que não necessitam desta ajuda estejam a usufruir delas e fomentar a utilização destes equipamentos a pessoas que efectivamente delas carecem e que se encontrem em situação de fragilidade económica e social. Eu sou um adepto do equilíbrio e da justiça e são esses critérios que devem presidir a essa revisão, tendo em vista possíveis alterações”.

  Redes Sociais   Facebook

2007—2018 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados