RCB/TuneIn
Domingo, 24 Jun 2018
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
SOCIEDADE
MAIS CINCO MIL √ĀRVORES PARA A GARDUNHA
Rádio Cova da Beira
A Liberty Seguros doou ao município do Fundão 5000 árvores para reflorestar a Gardunha. Esta manhã, um grupo de 80 colaboradores e parceiros da companhia de seguros plantaram cerca de mil castanheiros nos baldios junto à casa do Guarda
Por Paula Brito em 07 de Mar de 2018
 

“Este é a segunda acção que fazemos este ano e pretende ser um contributo que a Liberty que retribui e devolve à sociedade e também é a nossa forma de estar e de demonstrar a nossa solidariedade, nesta caso, a esta zona que também foi muito fustigada pelos fogos”.

Paula Garrido, directora de gestão e suporte de talento da Liberty Seguros. Março é o mês limite para a plantação de árvores. Segundo o vereador com o pelouro da Gardunha na câmara do Fundão, este ano foram plantadas 21 mil árvores em 25 hectares de floresta na Gardunha

“Nós (CMF) já plantámos mais de duas mil árvores e o ICNF traz também cerca de 19 mil árvores para outra acção que em parceria com o município vamos continuar nos terrenos ditos baldios. No total estaremos falar em muito perto de 25 hectares quando terminarmos, entre as acções do ICNF mais cinco hectares em Castelo Novo”, explica o autarca.    

Segundo Paulo Águas, estão em vias de aprovação as medidas de emergência do Plano de Desenvolvimento Regional, que no caso do município do Fundão correspondem a mais de meio milhão de euros

“Embora com muitos cortes financeiros, finalmente as medidas de emergência do PDR estão em vias de serem aprovadas. As medidas que dizem respeito ao segundo incêndio já tem luz verde e as do incêndio inicial, em Agosto, estão em vias de aprovação. Apresentámos algumas reclamações porque entendemos que os cortes foram excessivos e que as candidaturas estavam realizadas de acordo com a convocatória que saiu, mas a boa notícia é que estão em vias de aprovação e representam no toral um valor entre os 500 e os 600 mil euros que temos para medidas de emergência, que embora tarde fazem sempre muita falta”.

Segundo o autarca, este ano as acções de plantação foram muito de sensibilização para a preservação da floresta e para o voluntariado, mas os próximos dois anos, do ponto de vista técnico, serão fundamentais para a reflorestar a Gardunha.


  Redes Sociais   Facebook

2007—2018 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados