RCB/TuneIn
Terça, 11 Dez 2018
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
SOCIEDADE
ACADEMIA DE CIÊNCIAS DO AMBIENTE ESTUDA PLUVIOSIDADE
Rádio Cova da Beira
Idanha a Nova cria Academia das Ciências do Ambiente a partir da Associação N-Light Enviroment. Um organismo sem fins lucrativos, com sede no Centro Empresarial da vila, que se encontra ligada à N-Lignt Saúde, sediada em França. Maurice Robin, presidente da equipa fundadora da associação em Portugal explica os motivos da escolha de Idanha a Nova para desenvolver este projecto.
Por Paula Brito em 06 de Mar de 2018
 

“Idanha a Nova está na vanguarda do que se faz de melhor no país em termos de ecologia e que pode ser apresentado em todo o mundo, tal é a qualidade do que se faz aqui é fascinante. É por esse motivo que aparece aqui a n-Ligth Enviroment.”

A Associação pretende, a partir de Idanha a Nova, investigar, experimentar e desenvolver soluções inovadoras para a protecção, optimização e melhoria do ambiente. O primeiro projecto arranca este mês sobre pluviometria, no âmbito do qual será criado um laboratório móvel de análises da água e dos solos que será colocado à disposição dos agricultores:

“O primeiro trabalho concreto que se vai desenvolver a partir de Março é sobre a seca e a água. Nós conhecemos técnicas que permitem fazer chover mais e melhor água própria. E este é o nosso projecto imediato.”   

No núcleo da Associação é criada a Academia de Ciências do Ambiente que vai receber alunos e formandos que pretendam desenvolver investigação nesta área.

“A academia vai trabalhar com estudantes, em fim de percurso, nas áreas da meteorologia, física, química, que vão trabalhar com a colaboração de cientistas internacionais que vão ajudar estes estudantes a reflectir, e encontrar soluções inovadoras.”


  Redes Sociais   Facebook

2007—2018 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados