RCB/TuneIn
Domingo, 24 Jun 2018
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
POLÍTICA
MINISTRO E COMISSÁRIA EUROPEIA NA COVILHÃ
Rádio Cova da Beira
Esta segunda-feira, 5 de Março, a estação ferroviária a Covilhã é o local da cerimónia de consignação de empreitada de modernização do troço Covilhã – Guarda, na Linha da Beira Baixa, que inclui a construção da concordância das Beiras, troço de ligação entre a linha da Beira Alta e a linha da Beira Baixa.
Por Paulo Pinheiro em 05 de Mar de 2018

A obra de modernização do troço da Linha da Beira Baixa entre a Covilhã e Guarda foi adjudicada por 52 milhões de euros e a sua concretização, prevista para 2019, permitirá a reabertura à exploração ferroviária deste troço com 46 quilómetros, que se encontra encerrado à circulação ferroviária desde 2009.

A empreitada integra, também, a construção da concordância das Beiras entre a linha da Beira Baixa e a linha da Beira Alta.

 “Trata-se de uma intervenção de elevada importância na requalificação do caminho-de-ferro em Portugal, num troço que integra o Corredor Internacional Norte e cuja concretização potenciará a dinamização do transporte ferroviário, nas ligações inter-regionais e na ligação a Espanha”, refere em comunicado da Infraestruturas de Portugal. 

 Esta acção vai integrar a candidatura a submeter no âmbito do COMPETE 2020, com a designação “Linha da Beira Baixa – Modernização do troço Covilhã – Guarda”, referente à qual se prevê um financiamento comunitário de 85%.

 

A cerimónia de consignação de empreitada conta com a presença do ministro do Planeamento e das Infraestruturas, Pedro Marques, e a comissária europeia dos Transportes e Mobilidade, Violeta Bluc.

 


  Redes Sociais   Facebook

2007—2018 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados