RCB/TuneIn
Terça, 11 Dez 2018
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
SOCIEDADE
FUNDÃO ADJUDICA LIMPEZA DAS ESTRADAS MUNICIPAIS
Rádio Cova da Beira
No Fundão vão ser adjudicados esta semana os primeiros trabalhos de limpeza das faixas de gestão de combustível nas estradas municipais que prevêem a limpeza até 10 metros de cada lado. Segundo Paulo Fernandes a empreitada prevê também a limpeza à volta dos edifícios municipais.
Por Paula Brito em 01 de Mar de 2018
 

 “Vamos adjudicar os primeiros trabalhos nas vias municipais e cordões de segurança relativamente a alguns edifícios municipais sem qualquer rede de financiamento e até ao dia 11 de Março estaremos em condições de adjudicar os perímetros das aldeias sendo que nós definimos a zona do pinhal como a zona de maior prioridade.”

São as freguesias do pinhal, a partir do Castelejo, as únicas do concelho que do Fundão que constam da listagem de freguesias prioritárias publicada pelo Instituto de Conservação da Natureza e Florestas. Paulo Fernandes estranha a ausência das freguesias da Gardunha da listagem.

“A Gardunha não faz parte o que é no mínimo estranho e contraria o plano de defesa da floresta do próprio município, se calhar foi algum erro que nós vamos aferir. Vamos atacar toda a zona que declaramos de prioridade máxima, que inclui todas as freguesias da zona do pinhal, algumas da Gardunha que não arderam nos seus perímetros, e depois veremos se na serra de Peroviseu/Três Povos haverá alguns pontos perigosos, mas não um trabalho tão sistémico, e se conseguirmos fazer isso em tempo útil já correu muito bem.”

O autarca só receia que os concursos não tenham procura do mercado uma vez que “não há mãos a medir”, enaltecendo as movimentações dos privados nomeadamente nas freguesias consideras prioritárias.

Em Silvares, a junta de freguesia está satisfeita com a resposta da população à limpeza das faixas de combustível, não só por parte dos residentes como também dos proprietários de terrenos que não residem na vila:

“Estamos muito satisfeitos com essa situação, tem havido bastante resposta por parte dos silvarenses, já há terrenos limpos, outros que estão a proceder a essa limpeza e outros que não residem em Silvares mas já têm empresas contratadas para efectuar essa limpeza.”

Cláudia Pereira falava na última assembleia de freguesia onde a bancada do PSD alertou para o perigo que se pode tornar a existência de um depósito de resíduos florestais no sítio da Nave.

“São as questões de segurança e cautela que se devem ter neste tipo de depósito, a bancada do PSD pensa que todas as condições de segurança têm que ser acauteladas para que seja uma situação benéfica e não mais um problema à vila.”

Na resposta a Carina Batista, a presidente da junta refere que o perigo é menor se os resíduos estiverem todos concentrados no mesmo local.

“Nós estamos em eminente perigo em Silvares, temos matas densas até praticamente junto da população, a situação do depósito, ter estes resíduos todos no mesmo local pode causar instabilidade mas estando todos no mesmo local não é tão grande o perigo de incêndio.”


  Redes Sociais   Facebook

2007—2018 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados