RCB/TuneIn
Terça, 25 Set 2018
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
SOCIEDADE
INVESTIGAÇÃO SOBRE COGUMELOS TÓXICOS APRESENTADA NO PAUL
Rádio Cova da Beira
O auditório dos bombeiros voluntários do Paul vai acolher, no próximo dia 10 de Março, um seminário sobre micologia. A iniciativa é organizada pela casa do povo daquela vila do concelho da Covilhã em parceria com a junta de freguesia e com a câmara municipal e pretende dar a conhecer um trabalho de investigação onde se conclui pela toxicidade potencialmente mortal de uma espécie muito semelhante ao tortulho, que é responsável pela maioria das intoxicações de Outono que ocorrem aquando a apanha deste cogumelo, o mais conhecido e consumido em Portugal.
Por Nuno Miguel em 01 de Mar de 2018
O trabalho, da autoria de José Gravito Henriques, surge na sequência de vários relatos de casos de intoxicação, alguns dos quais mortais, por pressuposta ingestão de “Amanita phalloides”, confundidos por “Macrolepiota procera.” Os exemplares e os testemunhos recolhidos vieram confirmar que nunca se tratou de “Amanita phalloides” apontando para o consumo de “Macrolepiota venenata”, uma espécie semelhante nalgumas características ao “Macrolepiota procera”. O estudo alerta para o facto de, nos últimos tempos, se ter notado o aparecimento, com alguma frequência, de exemplares de “Macrolepiota venenata”. No entanto esta espécie, recentemente identificada, ainda está pouco estudada, sendo a informação produzida escassa e pouco divulgada. 
A realização deste seminário pretende assim, numa altura em que cresce a pressão da colheita e por uma questão de saúde pública, dar a conhecer forma alargada, a existência desta espécie semelhante e os riscos que derivam do seu consumo, nomeadamente intoxicações.
Comparativamente ao “Macrolepiota procera”, o “Macrolepiota venenata” tem uma forma atarracada, o chapéu é inicialmente globoso mas não tem mamilo central; a cutícula rompe-se mais radialmente, o anel não é móvel, é mais simples e central e em jovem, toda a carne avermelha ao corte.

  Redes Sociais   Facebook

2007—2018 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados