RCB/TuneIn
Segunda, 25 Jun 2018
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
POLÍTICA
PSD QUER AVERIGUAR “ACTOS DANOSOS” NA GESTÃO DO HAL
Rádio Cova da Beira
A comissão política distrital do PSD remeteu para o ministério público um conjunto de eventuais irregularidades praticadas pela administração do hospital de Castelo Branco a quem pede “o apuramento de eventuais responsabilidades pela prática de actos danosos”.
Por Nuno Miguel em 27 de Feb de 2018
Em comunicado, os social democratas afirmam que em 2014 houve um concurso para compra de reagentes para o laboratório de análises clínicas, por um período de três anos, que terminou há alguns meses e “nunca, antes da gestão do Dr. Vieira Pires se tinha feito um concurso nestes moldes no hospital Amato Lusitano. E também não há conhecimento que alguma vez se tenha feito nos hospitais públicos um concurso com estas condições. Mais curioso ainda, é que o equipamento colocado no hospital de Castelo Branco são os únicos em todos os hospitais centrais e regionais de toda a Região Centro”.
De acordo com o PSD, este concurso “foi feito com «fato à medida» uma vez que das cinco ou seis empresas que possuem equipamentos e reagentes semelhantes em Portugal, com resultados clínicos semelhantes, apenas uma cumpria com essa exigência”. Uma prática que, afirmam os social democratas “pode constituir uma grave violação dos princípios da transparência e leal concorrência e configuram um alegado grave atropelo ás regras legais da contratação pública” uma vez que “as obrigações exigidas pela administração do hospital Amato Lusitano são irrelevantes e mesmo despropositadas, mas evitam que outras empresas possam concorrer ao concurso”. 
O PSD acrescenta que “o concurso terminou, mas é como se não tivesse terminado. Tudo continua na mesma. Agora sem concurso público” sendo que “ o hospital paga centenas de milhares de euros a mais do que os outros só em duas análises diferentes e o laboratório executa mais de cem análises diferentes”.
Para além da exposição enviada ao Ministério Público, a comissão política distrital do PSD também já enviou um pedido de investigação para a Policia Judiciária para que “investigue esta e eventualmente outras situações e que obrigue a administração do hospital a cumprir a lei e a regularizar todos os concursos”. 
Contactado pela RCB, o presidente do conselho de administração da unidade local de saúde de Castelo Branco não quis fazer quaisquer comentários sobre o assunto.

  Redes Sociais   Facebook

2007—2018 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados