RCB/TuneIn
Terça, 11 Dez 2018
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
POLÍTICA
“A MONTANHA PARIU UM RATO”
Rádio Cova da Beira
É desta forma que os eleitos do CDS/PP na assembleia da união de freguesias Covilhã/Canhoso classificam a definição, pelo ICNF, do perímetro florestal da freguesia como zona de intervenção prioritária de nível seis, o menos grave da escala elaborada pelo instituto de conservação da natureza e florestas.
Por Nuno Miguel em 26 de Feb de 2018
Em comunicado, José Horta, Sandra Sousa e Sérgio Sousa referem que “foi com espanto, surpresa e alguma desilusão que constatámos a classificação atribuída à freguesia da Covilhã e do Canhoso no âmbito do aviso de abertura de candidaturas para a criação de equipas de sapadores florestais. Uma classificação que foi atribuída após uma série de acções desenvolvidas pelo executivo da união de freguesias, nomeadamente reunião com o ICNF e com o vereador com o pelouro das florestas na câmara da Covilhã e que foram noticiadas com toda a pompa e circunstância”
Com a classificação de nível seis, que agora foi atribuída, os eleitos do CDS/PP questionam se “terá o trabalho desenvolvido pelo executivo da UFCC sido o mais correcto? Estarão os recursos despendidos pela UFCC e consequentemente pelo erário público a ser bem utilizados? Terão as abordagens às necessidades identificadas sido as mais adequadas?”, concluindo que neste caso “a montanha pariu um rato”.

  Redes Sociais   Facebook

2007—2018 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados