RCB/TuneIn
Quarta, 26 Set 2018
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
SOCIEDADE
CORDÃO HUMANO CONTRA A EXPLORAÇÃO DA ARGEMELA
Rádio Cova da Beira
O grupo “Pela Preservação da Serra da Argemela” e as juntas de freguesia da União de Freguesias de Barco e Coutada, concelho da Covilhã, Lavacolhos e Silvares, concelho do Fundão, realizam no dia 4 de Março um “Cordão Humano, manifestação pacífica” contra a ameaça da concessão de uma exploração mineira a céu aberto na Serra da Argemela, pedido pela empresa PANNN, Consultores de Geociências, Lda.
Por Paulo Pinheiro em 16 de Feb de 2018

A concentração está prevista para as 14:30h, na ponte da freguesia de Barco, e uma hora depois tem início o cordão humano pela preservação da Serra da Argemela.  

 

“Não à destruição da fauna e da flora. Não à poluição e contaminação do rio Zêzere e dos solos. Não à poluição do ar e do património histórico” são palavras de ordem que se vão ouvir na manifestação.

 

Refira-se que em sede da Assembleia da República PSD, CDU e Bloco de Esquerda apresentaram projectos de resolução manifestando a sua oposição à exploração mineira na Argemela, o PS também apresentou uma iniciativa parlamentar na qual recomenda ao Governo que desenvolva medidas com vista à preservação da Serra da Argemela em termos ambientais, patrimoniais, culturais e históricos, em conjugação com os municípios abrangidos.

 

No final do mês de Janeiro, a câmara municipal do Fundão aprovou, por unanimidade, o processo de classificação do castro da Argemela como imóvel de interesse municipal.

De acordo com o presidente da câmara do Fundão este novo processo de classificação alarga ainda mais o perímetro do castro por forma a evitar quaisquer problemas que possam surgir no futuro.

Na passada segunda-feira ficou a saber-se que são mais de 30 os pedidos de licenciamento existentes para prospecção e exploração de lítio em Portugal. São nove as zonas identificadas como tendo grande potencial , com ocorrência de mineralizações de lítio, três localizam-se na Beira Interior: Argemela (concelhos do Fundão e Covilhã); Segura (Idanha-a-Nova) e Guarda.


  Redes Sociais   Facebook

2007—2018 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados