RCB/TuneIn
Quinta, 13 Dez 2018
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
POLÍTICA
“NÃO COMPREENDEMOS ESTE CONSTANTE ZIGUEZAGUEAR”
Rádio Cova da Beira
O presidente da concelhia do PSD da Covilhã considera que a nomeação de Joaquim Matias para o cargo de coordenador municipal de protecção civil é mais um exemplo do constante ziguezaguear político da maioria socialista que gere os destinos do concelho.
Por Nuno Miguel em 16 de Feb de 2018
Em declarações à RCB, Luís Santos refere que não está em causa a pessoa nem a sua competência técnica para o exercício do cargo mas sim o facto de, ainda recentemente, o novo coordenador municipal ter sido alvo de críticas por parte de responsáveis autárquicos do Partido Socialista “aquilo que nós não compreendemos é este constante ziguezaguear do executivo do PS. Basta recordar que numa entrevista dada há duas semanas atrás a um órgão de comunicação social, o vereador com o pelouro do urbanismo tinha classificado o trabalho do ex vereador Joaquim Matias, actual coordenador municipal, como alguém que não trouxe uma imagem positiva ao pelouro do urbanismo. Não consigo compreender como é que duas semanas depois o nomeiam para este novo cargo. Nós entendemos que se trata de uma boa nomeação, atendendo ao currículo de Joaquim Matias nesta área específica, mas não se percebe politicamente como é que duas semanas antes o próprio PS considerava que o trabalho realizado era um mau trabalho”.   
Questionado pela RCB sobre se esta situação não pode vir a causar mal estar interno no PSD, uma vez que há vários militantes que enfrentam processos de expulsão por terem concorrido em listas de outras forças políticas, e agora um militante social democrata aceita uma nomeação do Partido Socialista, Luís Santos é peremptório “são situações completamente diferentes; os estatutos do PSD especificam claramente as sanções para os militantes que concorram nas listas de outro partido. Neste caso concreto estamos a falar de uma pessoa que foi nomeada pelo PS e que tem um passado específico nesta área. Eu aqui não estou a olhar para o militante do PSD mas sim para uma pessoa e para o seu currículo. É sinal que o Partido Socialista também reconhece que no PSD da Covilhã existem pessoas válidas e com qualidade, mesmo que no passado os tenham estado a criticar”. 

  Redes Sociais   Facebook

2007—2018 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados