RCB/TuneIn
Sexta, 28 Fev 2020
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
DESPORTO
FUTSAL - AD FUND?O PERDE EM VIZELA
A Desportiva do Fund?o perdeu esta tarde em Caldas de Vizela, com a forma??o da Funda??o Jorge Antunes, para o campeonato nacional da 1? divis?o em Futsal, por 2-1, tendo complicado ao m?ximo a tarefa de uma das mais categorizadas equipas deste nacional.
Por José Joaquim Ribeiro em 12 de Jan de 2008

Como seria de esperar a equipa da casa foi que teve mais oportunidades, foi quem teve mais posse de bola e foi, por isso, um justo vencedor, considerando estes factores e outros que, não sendo de sua responsabilidade, conseguiu tirar excelente partido para vencer o encontro. Estamos a falar da forma como a Fundação conseguiu marcar os dois golos que lhe deram a vitória. O primeiro resulta de um passe errado de Esquerda que Divanei soube aproveitar muitíssimo bem. O segundo golo da partida volta a ser o resultado de um lance mal calculado, desta feita por Paulo Pinto, que quis sair em drible, perdeu a posse de bola e Marinho aproveitou para fazer o 2-0.

Sê é verdade que as vitórias no desporto são fruto, na grande maioria dos casos, de erros das equipas que perdem, não deixa de ser, também verdade, que estas situações podem ser, perfeitamente evitáveis se houver maior concentração e mais certeza na abordagem dos lances. Deste modo não se dão chances ao adversário. Infelizmente, para as aspirações da equipa fundanense essas situações acontecem com alguma frequência. É certamente um factor a trabalhar melhor !!

Como já se disse a Fundação Jorge Antunes foi muito mais equipa, durante mais tempo, nos 40 minutos de jogo. Teve várias ocasiões para marcar, com bolas a esbarrarem nos ferros da baliza de Carlinhos e viram o guardião fundanense rubricar excelentes intervenções, mas, como diz um técnico da nossa praça, quando confrontado com situações deste género, ele responde: " mas o guardião é meu e os ferros da baliza são meus. Só contam as bolas que ultrapassam o risco fatal ". Ora, neste particular a Desportiva esteve muito bem, Defendeu com muita concentração e com muita determinação, teve, contudo, muita dificuldade nas transições. Foi exactamente quando a equipa tinha posse de bola que aconteceram os erros que acabaram por resultar nos golos do adversário.

Como se esperava e, depois de ter consentido dois golos, a ADF reagiu, passou a jogar com Couto, como guarda-redes avançado, conseguindo, com esta grande pressão, marcar o seu tento de honra a 1,30 do final, por intermédio de Bruno César, obrigando a Fundação a ter maior concentração nas acções defensivas nos derradeiros minutos.

O resultado acaba por ser justo, por tudo o que aconteceu na partida, todavia, com uma pontinha de sorte, que por vezes também faz falta ao desporto, o resultado podia ter sido outro.

Este jogo ficou marcado pela estreia do novo recruta fundanense. Pelézinho, depois de uma passagem pouco feliz pelo futsal espanhol, reforçou a Desportiva, passando a ser mais uma opção para o técnico José Luís.


  Redes Sociais   Facebook

2007—2020 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados