RCB/TuneIn
Quinta, 18 Out 2018
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
SOCIEDADE
LEVAR O CARRO AO PICO DA SERRA PODE CRIAR INCONVENIENTES
Rádio Cova da Beira
O presidente das infraestruturas de Portugal deixa um forte apelo √† prud√™ncia a todos condutores que se desloquem nesta altura do ano √† Serra da Estrela com o intuito de evitar acidentes rodovi√°rios. A ideia foi deixada por Ant√≥nio Laranjo no final de uma visita √†s instala√ß√Ķes do centro de limpeza de neve com o intuito de enaltecer o trabalho realizado por aquela estrutura na protec√ß√£o de pessoas e bens.
Por Nuno Miguel em 10 de Feb de 2018

Numa altura em que se prevê um maior afluxo e até queda de neve no maciço central, António Laranjo considera que a prudência pode ser o maior aliado dos turistas “visitar a Serra da Estrela em características como aquelas que temos em que é possível trazer o carro até ao topo da serra e descer de esqui é algo que não é normal em nenhum sítio da Europa. Nós temos essa enorme vantagem mas que, as vezes, também se transforma numa desvantagem porque as pessoas acabam por não perceber que estão a levar o carro até ao pico da serra e essa é uma dificuldade que temos”.

 


António Laranjo deixa por isso alguns conselhos práticos para quem pensa deslocar-se até à Serra da Estrela durante esta época carnavalesca “é preciso preparar a viagem com equipamentos de protecção individual para as pessoas mas também as viaturas não podem vir para aqui sem, por exemplo, trazerem correntes para a neve. Respeitar a sinalização e todas as indicações das forças de segurança. Não vale a pena contestar, eles são soberanos e zelam por todos os que aqui vêm. Também os serviços meteorológicos estão disponíveis para prestar toda a informação para que tudo corra pelo melhor”. 


O presidente das infraestruturas de Portugal refere que o centro de limpeza de neve, situado nos Piornos, dispõe de meios humanos e técnicos para que toda a circulação decorra com normalidade e rejeita as críticas de alguns agentes da região que é precisamente quando neva e o afluxo rodoviário é maior que as estradas se encontram encerradas “essa não é uma crítica totalmente verdadeira porque os registos que temos é que a maior percentagem de encerramento, mais de 60 por cento, é durante a noite sendo que elas são reabertas no dia seguinte de manhã. E todos nós sabemos que ninguém vem fazer turismo para a Serra da Estrela durante a noite. O resto resulta das contingências de estarmos a querer levar o carro ao pico da serra”.


  Redes Sociais   Facebook

2007—2018 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados