RCB/TuneIn
Quarta, 17 Out 2018
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
POLÍTICA
ANTÓNIO CARRIÇO TOMA POSSE
Rádio Cova da Beira
O novo coordenador da secção do Partido Socialista do Teixoso considera que aquela estrutura tem uma responsabilidade acrescida em apoiar as vitórias eleitorais alcançadas pelo PS nas eleições autárquicas do dia um de Outubro do ano passado.
Por Nuno Miguel em 06 de Feb de 2018
Na cerimónia de tomada de posse da nova estrutura dirigente, António Carriço afirma que quer continuar a afirmar a estrutura como uma das mais dinâmicas no distrito “vamos continuar a dinamizar a nossa secção e a perseguir os objectivos que definimos na apresentação da nossa lista. Quero dizer a todos os elementos que me acompanham que tem toda a minha confiança na execução de um bom mandato. Depois de 16 anos conseguimos reconquistar a junta e tivemos a primeira maioria absoltíssima na câmara municipal depois do 25 de Abril. Queremos por isso trabalhar ao longo dos próximos anos para reforçar esse trabalho”. 
O novo coordenador da secção do PS do Teixoso encabeçou a única lista que se apresentou a sufrágio nesta eleição, mas nesta cerimónia não perdeu a oportunidade para também enviar alguns recados internos “há por ai alguns dirigentes políticos que no exercício das suas funções quiseram por uma estratégia cruel e vingativa, dizendo mal dos outros, que nunca nos quiseram presentear com uma visita à secção a não ser em tempo de campanha eleitoral e tentando até outrora destruir a nossa estrutura, apostando no lema dividir para reinar. Os nossos militantes, com a sua sabedoria, deram-lhe uma autentica lição de saber e estar na vida política com os votos que expressaram no nosso camarada Vítor Pereira”. 
Já o novo presidente da comissão política do Partido Socialista da Covilhã sublinha que os socialistas vão continuar a marcar a diferença em relação a outras forças políticas naquele concelho. Vítor Pereira promete, para os próximos tempos “um PS actuante e forte. Essa é a grande missão e o grande espírito solidário que diferencia o Partido Socialista de outros partidos na sociedade portuguesa. Estamos sempre ao lado daqueles que mais precisam. Estamos a fazer esse trabalho no concelho da Covilhã e vamos, com toda a certeza, prosseguir esse caminho”.  
Depois do processo de eleições internas, o PS vai agora estar concentrado na realização dos seus congressos distrital e nacional assim como na disputa das próximas eleições legislativas e europeias. Por isso a presidente da federação distrital, Hortense Martins, deixou um forte apelo à união de todos os socialistas “a Covilhã tem que perceber que tem de procurar a união, numa determinada linha política, para fazer face aos desafios que vamos ter pela frente. Vamos ainda ter novas eleições internamente e depois vamos ter desafios externos e onde queremos reforçar a nossa posição. Outro dia alguém me disse que quem tem menos câmaras acha que não perdeu. É óbvio que nós somos o maior partido autárquico em votos, câmaras, freguesias e em tudo. Isso é tão evidente que não vale a pena sequer ser discutido”.   
Uma cerimónia que ficou ainda marcada pela filiação pública de 11 novos militantes que, a partir de agora, passam a fazer parte da secção do Partido Socialista do Teixoso.

  Redes Sociais   Facebook

2007—2018 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados