RCB/TuneIn
Sexta, 25 Mai 2018
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
POLÍTICA
“COMO VAMOS PAGAR A DÍVIDA?”
Rádio Cova da Beira
A líder da bancada do PS na câmara do Fundão considera que Paulo Fernandes vai revelar a sua incompetência caso chegue ao final do mandato sem ter ultrapassado o problema da dívida ao sistema das “Águas do Vale do Tejo” e sem rever o contrato de concessão do sistema em baixa com a empresa “Aquália”.
Por Nuno Miguel em 30 de Jan de 2018
Na última reunião pública do executivo, Joana Bento afirma que está aberta uma janela de oportunidade para a resolução do problema, através da negociação que o governo tem vindo a desenvolver com o banco europeu de investimento, e quais saber quais os passos concretos que estão a ser dados para ultrapassar o problema “para além da questão da renegociação da dívida seria muito mais benéfico para o Fundão rever o bendito do contrato de concessão que é prejudicial para o concelho. Atrasar a resolução desta questão durante o actual mandato revelará uma grande incompetência do senhor presidente se não o fizer”.  
Na resposta, o presidente da autarquia refere que a negociação continua a decorrer e vai permitir criar uma plataforma de entendimento conjunto, mesmo que algumas questões mais específicas tenham de ser julgadas pelos tribunais. Paulo Fernandes garante que nas próximas semanas vai apresentar ao executivo uma proposta concreta para a resolução desse diferendo “estamos neste momento num processo reforçado de negociação e eu espero poder, nas próximas semanas, ter notícias muito concretas sobre esta situação. È uma oportunidade muito concreta para os municípios e é também uma oportunidade para o sistema, mesmo que não se possa fazer o acordo total, uma vez que há muitos processos. Mas que fique definida uma normalização das relações, as questões em que todos estejam de acordo podem ser fechadas. Se houver alguma questão que é preciso ser decidida pelos tribunais, que isso não coloque em causa as outras e ai o quadro de normalização é muito maior”.  
No próximo mês de Fevereiro todas as autarquias da região que integram o sistema vão reunir, na Guarda, com o secretário de estado do ambiente para conhecer as intenções do governo em relação a esta matéria. Um encontro que esteve agendado para a última semana mas que acabou por ser desmarcado por Carlos Martins em cima da hora.

  Redes Sociais   Facebook

2007—2018 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados