RCB/TuneIn
Sábado, 24 Fev 2018
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
POLÍTICA
ESCOLA DA LAGEOSA VOTADA AO ABANDONO
Rádio Cova da Beira
Núcleo Concelhio da Covilhã do Bloco de Esquerda (BE) diz que a Escola Profissional Agrícola Quinta da Lageosa está “votada ao abandono”. Depois de ter visitado aquele estabelecimento de ensino e reunido com a direcção, o BE conclui que “a instituição padece dos mesmos problemas crónicos transversais à educação convencional, agravados pelo facto deste tipo de ensino ter diferentes exigências”.
Por Paula Brito em 23 de Jan de 2018
 

A aplicação do rácio estudantes/funcionários e nº de alunos por turma semelhantes a qualquer outra escola pública, é um dos exemplos deixados pelo BE “o tipo de ensino praticado nesta escola e as matérias leccionadas são incompatíveis com o nº de funcionários existentes (uma turma de 20 alunos que está a ter uma aula prática com motosserras/tractores não pode ter o mesmo acompanhamento de uma turma de 20 alunos que está numa sala de aula).”

A falta de funcionários foi outro dos problemas detectados “nos últimos 10 anos saíram (por motivos de reforma, mudança de posto de trabalho, etc) 10 Assistentes Operacionais, tendo entrado somente 1.”

Outro facto preocupante reside na ausência de transportes públicos obrigando a escola a ir buscar os alunos às suas residências no início da semana e a levá-los no fim da semana “servindo-se para isso de uma carrinha antiga e sem condições”. A acentuada degradação de algumas estruturas e equipamentos vem agravar ainda mais a situação, “por exemplo, todos os alunos tiram a carta de tractorista e executam trabalhos de lavoura, facto que implica um elevado desgaste das máquinas e alfaias que estão completamente obsoletos e a sua manutenção é altamente dispendiosa”.

O BE entende que o Estado deve olhar para Escola Profissional da Quinta da Lageosa com todas as especificidades que tem, e aproveitar o seu enorme potencial, e não votar a escola ao abandono deixando “morrer” o ensino agrícola.

Nesse sentido, o BE vai questionar o Ministério da Educação e a Direcção Regional de Educação do Centro “para que sejam clarificadas as intenções de intervenção para resolução dos problemas existentes e quanto ao futuro desta escola.” Conclui.


  Redes Sociais   Facebook

2007—2018 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados