RCB/TuneIn
Quarta, 26 Set 2018
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
POLÍTICA
“A SEDE DA CIM NUNCA SAIRÁ DA GUARDA”
Rádio Cova da Beira
O presidente da câmara municipal da Guarda garante que, independentemente do autarca que vier a eleito como novo presidente da CIM, a sede da comunidade intermunicipal das Beiras e Serra da Estrela vai continuar sediada naquela cidade.
Por Nuno Miguel em 12 de Jan de 2018
De acordo com Álvaro Amaro “a sede da CIM nunca sairá da Guarda, isso eu posso assegurar. Seria um completo absurdo. Durante quatro anos a sede funcionou e bem na Guarda, se a câmara da Guarda investe numa nova sede, cujo projecto foi apresentado numa reunião do conselho executivo da CIM não passa pela cabeça de ninguém que ela possa sair. Seria o descrédito total e eu espero que o bom senso impere”.  
No final da última reunião do executivo, o autarca da Guarda recorda que a localização da sede da CIM naquela cidade resultou do processo de escolha da estrutura dirigente há quatro anos “toda a gente sabe que, se eu quisesse, tinha sido presidente da CIM. Mas na altura o que ficou acordado é que seria implementada uma rotatividade ao nível da presidência da comunidade e eu matei o assunto propondo não haver uma rotação da sede e por isso saí do palco. Entre a sede da CIM ou eu ser presidente, preferi a sede e lutei por ela. Por isso seria um descrédito que ela agora saísse da Guarda”.  
Na defesa pela manutenção da sede da CIM na Guarda, Álvaro Amaro conta com o apoio dos vereadores do PS no executivo. Eduardo Brito, líder da bancada socialista, sustenta que a mudança de local é um cenário que não faz qualquer sentido “a sede da comunidade deve manter-se na Guarda. Há razões óbvias de centralidade, nos últimos quatro anos correu muito bem o seu funcionamento e já transmitimos isso às instâncias do partido. É na Guarda que se deve manter a sede e enquanto vereadores vamos ser intransigentes na defesa desse princípio. A CIM só terá sucesso se for consolidando os seus processos. Não nos passa pela cabeça que a sede possa sair daqui”. 

  Redes Sociais   Facebook

2007—2018 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados