RCB/TuneIn
Segunda, 22 Out 2018
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
SOCIEDADE
ASSS ADQUIRE ANTIGO BLACKOUT
Rádio Cova da Beira
A Associação de Solidariedade Social de Silvares (ASSS) vai adquirir o edifício onde funcionava o antigo BlackOut, na vila, para alargar o número de camas que actualmente disponibiliza no Centro Comunitário das Lameiras que abriu há cinco anos e tem a capacidade esgotada.
Por Paula Brito em 09 de Jan de 2018

Outras da categoria:

“Pese embora termos um projecto de alargamento, constatámos que não há nos fundos comunitários, nos anos mais próximos, capacidade de financiamento da expansão  que pretendíamos, e portanto, surgiu esta oportunidade de adquirirmos um edifício que está desocupado há alguns anos, que se nos afigura como um bom negócio, que está em boas condições e só necessita de obras de adaptação.”

Segundo Carlos Jerónimo, presidente da direcção da Associação de Solidariedade Social de Silvares, o edifício vai funcionar como complemento do centro comunitário das Lameiras.

“Precisamos de alargar o número de camas, porque há procura, e o nosso leque de serviços, e também porque temos um conjunto de valências no centro comunitário que podem ser potenciadas. Por exemplo, este novo edifício pode partilhar os serviços de lavandaria, cozinha e administrativos, ao mesmo tempo que vai permitir a criação de oito a 10 postos de trabalho.”

O edifício vai ser adquirido por 250 mil euros, tem 900 metros quadrados de área coberta, para além dos terrenos envolventes, e a ideia é, numa primeira fase, criar ali 20 camas.

“Estamos a estudar a hipótese de instalação de novas 20 camas, depois temos também na cave, e essa é uma lacuna do Centro Comunitário das Lameiras não ter um espaço para fisioterapia e outras áreas desportivas ligadas à geriatria, portanto vamos ali instalar um espaço de saúde, e mais tarde, temos que fazer obras na piscina que esse edifício tem e onde queremos fazer uma piscina aquecida.”

A aquisição do edifício será concretizada este ano, as obras de adaptação deverão estar prontas no próximo ano.

Actualmente o centro comunitário das Lameiras tem 80 utentes em lar, centro de dia e apoio domiciliário, 20 crianças em creche e ATL e emprega 45 pessoas. A sua expansão para outro local da vila vai permitir criar mais oito a 10 postos de trabalho. 


  Redes Sociais   Facebook

2007—2018 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados