RCB/TuneIn
Segunda, 16 Jul 2018
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
SOCIEDADE
“IREI ESTAR AO LADO DOS TRABALHADORES”
Rádio Cova da Beira
O presidente da câmara da Covilhã reúne amanhã à tarde com a secretária de estado da saúde. Em cima da mesa vai estar a alteração do despacho que assegura o pagamento da comparticipação dos medicamentos aos reformados do sector dos lanifícios.
Por Nuno Miguel em 08 de Jan de 2018
O actual modelo quase que obriga ao consumo de medicamentos genéricos e só assegura a comparticipação total dos de marca quando não existe nenhuma outra alternativa no mercado. A situação tem motivado duras críticas por parte do sindicato têxtil da Beira Baixa, que chegou a marcar presença na última reunião da assembleia municipal da Covilhã para expor o problema.
Vítor Pereira afirma que “a excepcionalidade deste direito deve ser reconhecida uma vez que os trabalhadores descontaram mais ao longo da sua vida activa para agora poderem tê-lo. Por isso dentro da excepcionalidade deve ser respeitada a palavra do médico porque é ele que deve dizer o que é que o doente deve ter como receita: não deve ser nenhum despacho a dizer que é isto ou aquilo. É uma injustiça actuar dessa forma e é isso mesmo que irei transmitir à senhora secretária de estado".
O autarca covilhanense acrescenta que vai estar ao lado dos trabalhadores e do sindicato em todas as acções de luta que vierem a ser decididas, caso a pretensão apresentada não seja aceite pelo governo “o que eu espero é que os nossos apelos sejam levados em linha de conta e que não seja necessário encetar acções de luta. Sendo certo que, se elas vierem a ser feitas, eu deixo já a garantia que o presidente da câmara da Covilhã vai estar ao lado destes trabalhadores a defender as vossas pretensões que são justas e legítimas”.

  Redes Sociais   Facebook

2007—2018 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados