RCB/TuneIn
Sexta, 19 Out 2018
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
SOCIEDADE
“ESTOU A PENSAR SERIAMENTE NO ASSUNTO”
Rádio Cova da Beira
A câmara da Covilhã pode vir a avocar a competência de contratação das auxiliares de acção educativa nas escolas do primeiro ciclo e jardins de infância que actualmente está delegada às juntas de freguesia.
Por Nuno Miguel em 07 de Jan de 2018
A hipótese foi colocada em cima da mesa por Vítor Pereira na última reunião da assembleia municipal, depois de eleitos de várias bancadas e de alguns presidentes de junta se terem mostrado muito preocupados com a existência de vários contratos precários nesta área. Por isso o autarca admite a possibilidade de vir novamente a avocar essa competência “havendo tanta preocupação, que é legitima, por parte dos senhores presidentes de junta eu digo-vos que estou a ponderar muito seriamente em a câmara avocar estas competências e ser o município directamente a gerir e contratar esse pessoal para aliviar as juntas de freguesia. Eu tento sempre colocar-me na pele dos outros e interrogo-me se será essa ou não a melhor solução. Vamos ponderar, mas admito que estamos a pensar muito seriamente sermos nós a fazer essa gestão”. 
O presidente da câmara da Covilhã acrescenta que “a situação de precariedade é algo que nos preocupa. Já no anterior mandato regularizamos algumas situações, embora sejam menos do que aquelas que queríamos. No orçamento para 2018 existe uma verba de meio milhão de euros para regularizar uma parte substancial desses contratos. Queremos assim intensificar essa aposta que já foi iniciada”.

  Redes Sociais   Facebook

2007—2018 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados