RCB/TuneIn
S√°bado, 21 Jul 2018
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
SOCIEDADE
JURI VISITA CASA DO BARRO
Rádio Cova da Beira
O J√ļri do Pr√©mio Nuno Teot√≥nio Pereira 2017, promovido pelo Instituto da Habita√ß√£o e da Reabilita√ß√£o Urbana, visitou esta tarde a casa do barro, na freguesia de Telhado. Um dos 12 projectos seleccionados de um conjunto de 45, de todo o pa√≠s que concorreram √†s v√°rias categorias.
Por Paula Brito em 04 de Jan de 2018
 

O município do Fundão candidatou-se à categoria de reabilitação de edifício de equipamento com a casa do barro, que abriu portas há cerca de dois anos, depois de um projecto de reabilitação da autoria da arquitecta do município do Fundão, Ana Cunha, que acompanhou a visita e explicou os objectivos da recuperação do solar, propriedade da junta de freguesia de Telhado.

“Havia aqui uma intenção de requalificar o edifício não só pelo valor histórico como pelo valor arquitectónico e integrar aqui os serviços da junta de freguesia numa perspectiva de proximidade à comunidade. A ideia era termos também um espaço de conteúdos relativamente ao barro pela identidade da aldeia, onde quem não é oleiro é filho de oleiro, e termos aqui espaços para apresentação de livros, outros eventos, formação, uma multidisciplinaridade de funções que pudessem acontecer nesta casa.”

Luís Gonçalves, vogal do conselho directivo do Instituto de Habitação e Reabilitação Urbana e membro do júri, à RCB mostrou a satisfação por ver pela primeira vez nesta fase do concurso uma obra de implementada numa zona rural de um município do interior.

“Ficamos satisfeitos que mesmo em municípios do interior como o Fundão, que apesar de ter grande dinamismo é um município do interior, haja obras com capacidade de concorrer a um prémio destes. Devo dizer que já houve obras seleccionadas implementadas em zonas rurais, porém mais próximas do litoral e das grandes cidades, é das primeiras vezes, isso sim, que temos uma obra seleccionada implementada numa zona rural de um município do interior.”

A autora do projecto está confiante no desfecho e considera importante ter chegado até aqui.

“É muito importante para nós, equipa técnica que desenvolve os projectos para o concelho, e é também importante para o município. Estamos na corrida para o primeiro prémio, eu estou confiante que podemos ganhar acho que temos edifício e reabilitação para isso.”

O júri vai visitar todas as obras seleccionadas nesta fase durante este mês. No final de Janeiro deverão ser conhecidos os resultados.


  Redes Sociais   Facebook

2007—2018 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados