RCB/TuneIn
Sábado, 21 Jul 2018
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
POLÍTICA
“TEMOS DE CORTAR O CORDÃO UMBILICAL COM O PASSADO”
Rádio Cova da Beira
Francisco Castelo Branco é candidato à presidência da mesa da assembleia de militantes do PSD da Covilhã. Depois de ter liderado a comissão política entre 2011 e 2013, Francisco Castelo Branco fez parte das equipas lideradas por João Nuno Serra e avança agora com esta candidatura ao acto eleitoral do próximo dia 13 de Janeiro.
Por Nuno Miguel em 03 de Jan de 2018
O candidato à presidência da mesa refere que “decidi aceitar este repto que me foi lançado pelo candidato à comissão política depois de saber que o João Nuno Serra não se iria recandidatar. Eu acompanhei-o durante estes últimos tempos na mesa e acho que foi uma pessoa que realizou um trabalho muito profícuo. Nunca se conseguiu agradar a gregos e troianos, eu também não vou conseguir mas irei lutar pela defesa dos princípios democráticos do PSD e o diálogo com todos. Democracia sim mas anarquia não”.
Francisco Castelo Branco considera que a nova comissão política tem de trabalhar em forte articulação com os eleitos na assembleia municipal e com os presidentes de junta de freguesia para desenvolver uma oposição forte à actual governação socialista. Para o candidato à presidência da mesa “há uma necessidade imperativa de cortar o cordão umbilical com o passado e projectar o partido para o futuro e para as responsabilidades que vai ter de enfrentar. O PSD tem de realizar uma oposição construtiva. Temos dois eleitos na assembleia municipal que tem de ser ajudados pelo partido e a oposição tem de passar muito por eles mas também pelas duas freguesias, que ganhámos nas últimas eleições”. 

  Redes Sociais   Facebook

2007—2018 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados