RCB/TuneIn
Segunda, 23 Abr 2018
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
POLÍTICA
BOIDOBRA: ORÇAMENTO APROVADO
Rádio Cova da Beira
A assembleia de freguesia da Boidobra aprovou por maioria as grandes opções do plano da autarquia para 2018. O valor do orçamento ronda os 200 mil euros e o executivo espera poder lançar este ano os projectos para a requalificação do edifício da junta de freguesia, do polidesportivo da alâmpada e ainda o lançamento da rota turística do Moinho.
Por Nuno Miguel em 03 de Jan de 2018
O único voto contra veio do eleito do CDS/PP. António Freitas afirma que “o direito de oposição não foi respeitado e não fomos ouvidos como devíamos ter sido pelo executivo. Não tivemos conhecimento prévio dos documentos financeiros e de actividade da junta e por isso não foi possível uma análise mais cuidada. Pensamos que não é o orçamento ideal, não nos revemos em grande parte dele e por isso decidimos votar contra”. 
Já o eleito do PSD acabou por se abster na votação dos documentos. Pedro Simões refere que “é um voto de confiança ao novo executivo e com este sentido de voto queremos viabilizar o trabalho da junta uma vez que há propostas nossas que estão a ser incluídas neste orçamento e que queremos discuti-las ao longo deste mandato para o bem da freguesia. Acredito que a Boidobra vai sair recompensada com esta nossa posição relativa ao orçamento”. 
Entre os eleitos do PS houve divergências na votação. Dois dos elementos também se abstiveram e um votou a favor dos documentos. De acordo com o líder da bancada, Aurélio Amaral, os socialistas pretendem dar o benefício da dúvida ao executivo “vamos deixar trabalhar quem quer trabalhar. Nós estamos dispostos a colaborar mas também é necessário que a junta esteja disposta a trabalhar connosco. A abstenção no orçamento não quis contrariar nada mas apenas dar o benefício da dúvida a quem está a governar”.
Marco Gabriel, presidente da junta de freguesia da Boidobra, sublinha que os grandes projectos vão agora começar a ser planificados mas há outras obras que o executivo quer levar por diante “faremos todas as obras que sejam possíveis de concretizar em todos os anos deste mandato embora haja projectos que temos de preparar como são a requalificação do edifício da junta, do polidesportivo da alâmpada e a rota do moinho, que é um projecto que já está candidatado. Por isso é fundamental neste primeiro ano desenvolver todo o trabalho de planeamento para que depois seja possível ver os frutos deste nosso trabalho”.

  Redes Sociais   Facebook

2007—2018 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados