RCB/TuneIn
Sábado, 21 Jul 2018
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
SOCIEDADE
“NÃO NOS CANSAMOS”
Rádio Cova da Beira
Os reformados do sector dos lanifícios deslocaram-se à última reunião da assembleia municipal da Covilhã. Em causa está a alteração da portaria que garanta a comparticipação total do valor dos medicamentos, sejam genéricos e ou de marca, e não exista quase uma obrigatoriedade no consumo de genéricos como acontece no actual modelo.
Por Nuno Miguel em 23 de Dec de 2017
Luís Garra, presidente do sindicato têxtil da Beira Baixa, refere que estiveram agendadas para esta quadra algumas acções de protesto que só não foram concretizadas uma vez que o presidente da autarquia se comprometeu a abordar a situação directamente com o primeiro ministro “pensámos em realizar uma vigília em Lisboa e também deixar caixas de medicamentos em forma de prenda junto ao edifício dos paços do concelho mas entretanto soubemos, porque o senhor presidente da câmara teve a cortesia de nos fazer chegar informação suficiente onde nos dizia que já tinha solicitado uma audiência ao primeiro-ministro. Por isso decidimos vir à assembleia municipal para uma vez mais vos sensibilizar e para dizer que não nos cansamos. Dure o tempo que durar enquanto esta situação não for resolvida nós não desistimos de intervir porque não estamos a exigir uma coisa nova mas sim a reposição de um direito que já tivemos e para o qual descontámos”.
Todas as bancadas mostraram a sua solidariedade com esta luta dos reformados dos lanifícios e o presidente da câmara da Covilhã garantiu que a questão vai ser abordada com a nova secretária de estado da saúde numa reunião que vai ter lugar em Janeiro. Vítor Pereira deixou ainda a garantia de que vai estar ao lado do sindicato até que o problema seja resolvido “desde a primeira hora que estamos solidários com esta luta e vamos estar ao vosso lado. Já tive oportunidade de, informalmente, em duas ocasiões de falar sobre esta matéria com o primeiro ministro e requeri-lhe formalmente uma reunião. Ele transmitiu-me que essa problemática deve ser tratada com a tutela e tenho já agendada uma reunião para o dia nove de Janeiro com a secretária de estado da saúde para que este assunto seja tratado de uma vez por todas”.  

  Redes Sociais   Facebook

2007—2018 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados