RCB/TuneIn
Segunda, 18 Dez 2017
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
SOCIEDADE
SCMC APROVA ORÇAMENTO PARA 2018
Rádio Cova da Beira
A santa casa da misericórdia da Covilhã espera poder avançar no próximo ano com o projecto de construção de 32 residências assistidas no edifício do antigo hospital daquela cidade. A medida faz parte do plano de actividades da instituição para 2018 que foi aprovado por unanimidade na última assembleia geral da irmandade.
Por Nuno Miguel em 02 de Dec de 2017
De acordo com o provedor da instituição trata-se de um investimento superior a dois milhões de euros e que pretende complementar a valência de serviços que actualmente é disponibilizada pela misericórdia “será um edifício com residências de proximidade e de bem estar; é um equipamento que não vai levar à necessidade de aumentar muito mais o número de colaboradores que a misericórdia tem actualmente. É um investimento superior a dois milhões de euros e estamos a fazer esforços, perante as linhas de apoio que neste momento existem, de termos uma ajuda para concretizar esta ideia mas sem deteriorar a sustentabilidade que a instituição foi conseguindo ao longo dos últimos quatro anos”.  
No próximo ano a misericórdia da Covilhã vai procurar dar continuidade à aposta de sustentabilidade iniciada há quatro anos. Ainda assim, Neto Freire sublinha que para além das residências assistidas há outros investimentos que podem arrancar em 2018 “o centro de fisioterapia vai ser uma realidade; a obra está já a ser finalizada e esperamos poder coloca-la em funcionamento no segundo semestre do próximo ano. Temos também o projecto de ampliação do nosso lar de 105 para 120 camas. É uma valência que tem muita procura e estamos a tentar encontrar a melhor forma de a poder concretizar. Em relação ao hostel social, que foi uma ideia que já apresentámos, o projecto já está aprovado pela câmara municipal e por todas as entidades e está na altura de podermos avançar para a sua construção”.  
O orçamento da santa casa da misericórdia da Covilhã para o próximo ano é de três milhões e 200 mil euros. 

  Redes Sociais   Facebook

2007—2017 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados