RCB/TuneIn
Sexta, 15 Dez 2017
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
SOCIEDADE
PSP: COMANDO DISTRITAL ASSINALA 134 ANOS
Rádio Cova da Beira
Os números da criminalidade tiveram um ligeiro aumento no último ano no distrito de Castelo Branco. Os dados foram apresentados pelo comandante distrital da Polícia de Segurança Pública na sessão comemorativa dos 134 anos de criação do comando distrital que este ano decorreram na Covilhã.
Por Nuno Miguel em 30 de Nov de 2017
Em 2017 verificou-se um maior número de crimes por burla na internet e de conflitualidade interpessoal. Apesar disso, Pires Leonardo sublinha que se tratou de uma subida ligeira e que não altera a tendência de manutenção que se tem registado ao longo dos últimos anos “no ano passado a criminalidade geral tinha baixado um por cento, este ano subiu dois por cento e é natural que para o ano volte a descer. Nós estamos numa linha em que já não há grande evolução pela tipologia de criminalidade que existe neste comando. Este ano ela só não diminuiu porque existiu um aumento da conflitualidade interpessoal e das burlas via internet porque a criminalidade contra as pessoas tem vindo a descer muito lentamente”.
Com a certeza de que Castelo Branco continua a ser um dos distritos mais seguros do país, Pires Leonardo expressou no entanto a preocupação com a necessidade de rejuvenescer o quadro de operacionais da PSP no distrito “apesar de sermos cada vez menos e cada vez menos jovens a verdade é que os resultados operacionais continuam na linha dos anos anteriores. Eventualmente um dia, se não houver uma rectificação desta situação, não seremos capazes de manter estes resultados mas para já o empenho e profissionalismo de todo o pessoal tem vindo ao de cima e vão recendendo cada vez mais apesar da saída de alguns elementos e de a idade já pesar em alguns. De qualquer maneira convém não esquecer que nos últimos dois anos tivemos um maior reforço de efectivos, proporcionalmente a outros comandos. Poucos, é certo, mas não deixam de ser relevantes face à nossa realidade. Este ano chegaram 12 agentes e no ano passado tinham chegado 18”. 
As comemorações deste aniversário ficaram ainda marcadas pela entrega de uma nova viatura, por parte da câmara de Castelo Branco, para as acções de policiamento ao abrigo do programa “Escola Segura”. Pires Leonardo sublinha que se trata de um sinal de reconhecimento pelo trabalho que a PSP tem vindo a desenvolver. 
Também presente nestas comemorações, o director nacional adjunto da unidade orgânica de operações e segurança da PSP sublinha que todos os dias aquela força de segurança é colocada à prova por ameaças cada vez mais dinâmicas e inesperadas. Quanto à necessidade de reforçar o quadro de agentes no distrito, Manuel Magina da Silva afirma que “o reforço da capacidade de primeira intervenção do dispositivo policial da PSP é uma prioridade. Sabemos que há dificuldades mas não é possível, face aos recursos que existem, suprir todas as lacunas e também sabemos que estamos habituados a fazer muito com cada vez menos”.
Uma cerimónia onde Manuel Magina da Silva destacou ainda a colaboração que tem vindo a ser desenvolvida com as autoridades espanholas com o intuito de existir uma resposta integrada a todas as ocorrências que se verificam numa região transfronteiriça como é o caso do distrito de Castelo Branco.

  Redes Sociais   Facebook

2007—2017 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados