RCB/TuneIn
Segunda, 18 Dez 2017
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
SOCIEDADE
“REDE DE TRANSPORTES CHEGOU A BELMONTE PARA FICAR”
Rádio Cova da Beira
A afirmação foi feita por António Dias Rocha na última reunião pública do executivo em que foram dados a conhecer os dados do relatório mensal deste serviço referentes ao mês de Outubro.
Por Nuno Miguel em 28 de Nov de 2017
Amândio Melo, líder da bancada da coligação entre o PSD e o MPT reconhece que se trata de um serviço útil para as populações mas não esconde alguma apreensão pelo facto de este serviço, que começou a funcionar em Agosto, apresentar quebras na taxa de procura na ordem dos dez por cento “verificamos que existe um decréscimo, que não é muito significativo, mas que ronda os dez por cento e o normal era existir um crescimento porque antes as pessoas não tinham conhecimento de serviço e agora já o conhecem. É um serviço que custa 300 euros por dia, naturalmente que as pessoas estão em primeiro lugar e os valores não estão em causa, mas isto tem de ser monitorizado com algum cuidado porque se pode chegar à conclusão de que o autocarro anda vazio e a pagar-se esse valor. Isso já passa a ser um desperdício de recursos”. 
Na resposta o presidente da autarquia não se mostra preocupado com a diminuição da procura, mas reconhece que é necessário ainda fazer alguns acertos ao modelo definido. António Dias Rocha garante que esta é uma aposta para manter “este serviço veio para ficar. Não é para desaparecer. Começou em Agosto, estamos com três meses de utilização e eu já disse ao senhor vereador que vamos propor alterações à empresa para que o serviço possa estar mais próximo das populações. A devido tempo vamos falar novamente sobre isso mas pode ter a certeza de que os transportes municipais vieram para ficar”. 

  Redes Sociais   Facebook

2007—2017 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados