RCB/TuneIn
Sábado, 26 Set 2020
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
POL�TICA
CIM SAI EM DEFESA DA ABOLIÇÃO DE PORTAGENS
Rádio Cova da Beira
O presidente da Comunidade Intermunicipal das Beiras e Serra da Estrela diz que redução do valor das portagens para empresas é bem vinda mas fica muito aquém das necessidades do território. Paulo Fernandes, em declarações à RCB, reafirma a defesa dos autarcas da CIM pela abolição como única forma de mudar o paradigma do desenvolvimento do interior do país.
Por Paula Brito em 22 de Nov de 2017

Outras da categoria:

 

 “A nossa postura foi sempre do lado da abolição das portagens, quer no quadro do município quer da CIM, é evidente que quando há uma redução é bem vinda, mas recordo que para haver uma mudança de paradigma, sempre referimos que era a abolição total, mais agora com o problema de desenvolvimento que o interior tem com a questão dos incêndios”.

Segundo o autarca é inconcebível continuarem a ser praticadas no interior as portagens mais caras do país que nem sequer têm em atenção o PIB per capita da região.

“Há sempre uma questão muito complicada que é o facto de serem as mais caras do país, elas nem sequer estão conectadas com o PIB per capita o que faz com que esta região seja prejudicada relativamente a outras que tem um PIB muito superior e menores custos de contexto.”

O comentário do autarca fundanense e presidente da CIM das Beiras e Serra a Estrela ao anúncio do ministro adjunto Siza Vieira sobre a possibilidade de redução do valor das portagens para empresas.


  Redes Sociais   Facebook

2007—2020 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados