RCB/TuneIn
Segunda, 18 Dez 2017
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
SOCIEDADE
CASTANHA: PRODUÇÃO NO FERRO CAIU 50 POR CENTO
Rádio Cova da Beira
Os dados foram avançados à RCB pelo presidente da junta de freguesia à margem da décima oitava edição da feira dedicada aquele fruto que decorreu este domingo. Paulo Ribeiro refere que as condições climatéricas, sem chuva e com temperaturas acima do normal para esta época do ano, criaram dificuldades acrescidas ao nível da produção tanto em qualidade como em quantidade.
Por Nuno Miguel em 21 de Nov de 2017
“A quebra andou na ordem dos 50 por cento ao nível da quantidade mas também da qualidade. Conseguimos ter para este evento castanha em qualidade e em quantidade suficiente mas para os produtores de castanha do Ferro está a ser um ano complicado. Sabemos que estamos num ano climatérico atípico, estamos há dez meses com três ou quatro dias de chuva e isso complica não só a castanha mas tudo o resto. No entanto o povo do Ferro é um povo habituado a fazer muito com pouco e cá estamos mais uma vez a mostrar o que vale a nossa freguesia”.
Apesar da quebra na produção, a castanha não faltou ontem neste certame que este ano se realizou mais tarde do que é habitual devido à entrada em funções do novo executivo da junta “com o acto eleitoral que decorreu logo no início de Outubro houve necessidade de transitar alguns dossiers logo após a tomada de posse e por isso as coisas não foram feitas da forma normal. Este ano montámos a feira em apenas 15 dias mas penso que ela está já consolidada e estrou muito satisfeito com o ambiente que se vive e em que somos visitados por muitas centenas de pessoas”. 
Paulo Ribeiro sustenta que a feira da castanha está já consolidada dentro do quadro de actividades da freguesia e a comprová-lo estão as muitas centenas de pessoas que o visitaram. No entanto o objectivo passa por fazer crescer a sua importância já a partir de 2019 “este ano devido às questões do processo eleitoral que já falei acabámos por manter o mesmo perfil de evento mas a nossa intenção é transformar esta feira num evento de fim de semana e não apenas de um dia. No próximo ano já vamos querer prolonga-lo, com outro tipo de animação e mais atractivos para que as pessoas que nos visitam possam encontrar uma feira da castanha com outra dimensão”. 

  Redes Sociais   Facebook

2007—2017 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados