RCB/TuneIn
Sexta, 15 Dez 2017
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
POLÍTICA
PERGUNTAS FICARAM SEM RESPOSTA
Rádio Cova da Beira
Onde vai ficar localizada a nova barragem das Penhas da Saúde? Esta foi uma das questões colocadas pelo vereador do movimento independente “De Novo Covilhã” ao presidente da autarquia na última reunião pública do executivo mas que não obtiveram qualquer resposta.
Por Nuno Miguel em 21 de Nov de 2017
Carlos Pinto refere que “a nova barragem não pode ser objecto de ilusões informativas como foi nos últimos quatro anos, depois de terem perdido o que tanto trabalho levou a conseguir. Nunca existiu nenhuma primeira fase de nenhuma barragem e as condutas e depósitos não passaram daquilo que foi projectado e financiado por trabalho dos mandatos anteriores a 2013. O concelho precisa de conhecer o estado deste dossier e precisa de resposta a uma pergunta simples que se faz na cidade; qual será o novo local para a barragem? Já nem cuido da questão de quem a vai financiar”.
Ainda relacionado com a Serra da Estrela, Carlos Pinto sustenta que é necessário verificar se o contrato de concessão assinado entre o governo e “Turistrela” está a ser cumprido. O vereador do movimento “De Novo Covilhã” diz ter “sérias dúvidas” que esteja a ser cumprido “e retirar dai as conclusões devidas. Não se pode falar da serra e não abordar este problema não apenas ao nível desta câmara como das restantes. Há vários exemplos de exploração alternativa em sistemasmontanhosos europeus, que demonstram que a situação existente na Serra da Estrela, com privilégio a uma empresa, a «Turistrela», decorridos estes anos, não favorece o desenvolvimento que se pretende para esta área do nosso Concelho. É preciso não ter medo de denunciar uma situação inaceitável à luz da realidade actual”.  
Carlos Pinto considerou ainda que o município não pode ficar em silêncio e deixar sozinho o sindicato têxtil da Beira Baixa na luta pela comparticipação dos medicamentos a 100 por cento para os aposentados do sector dos lanifícios. Um conjunto de questões que não mereceu qualquer resposta por parte do presidente da câmara da Covilhã.

  Redes Sociais   Facebook

2007—2017 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados