RCB/TuneIn
Sexta, 15 Dez 2017
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
POL√ćTICA
JOS√Č ARMANDO SERRA DOS REIS CONTINUA NA ADERES
Rádio Cova da Beira
José Armando Serra dos Reis vai continuar a presidir à direcção da Associação de Desenvolvimento Rural Estrela Sul (ADERES).
Por Paulo Pinheiro em 15 de Nov de 2017

Eleito para o cargo de vereador da Câmara Municipal da Covilhã nas eleições autárquicas do passado dia 1 de Outubro 2017, ocupava o segundo lugar na lista do PS à autarquia, José Armando Serra dos Reis revelou à RCB ter aceitado o lugar em regime de não exclusividade, pelo que vai desempenhar as duas funções

 

“Assumi as funções de vereador a tempo inteiro mas não em regime de exclusividade. Receberei parte do meu salário pela câmara municipal e a restante pela privada e daí continuar como presidente da ADERES e coordenador da equipa técnica”, explica.

 

O autarca sente-se confortável com os pelouros que lhe foram atribuídos pelo chefe do executivo, casos da fiscalização municipal, que partilha com o presidente, o ordenamento do território, trânsito, ambiente, desenvolvimento rural, urbanismo e gabinete técnico florestal e áreas protegidas. É neste último que José Armando Serra dois Reis se sente como “peixe na água”

 

“Sinto-me plenamente confortável e nomeadamente com o pelouro das florestas estou, como se costuma dizer, “na minha praia”. Passe a imodéstia, a única organização de produtores florestais que existe no meu concelho sou o sócio fundador número um, a primeira organização de compartes que existiu neste concelho fui eu que estive ligado à sua fundação e como presidente da direcção e das quatro equipas de sapadores florestais que existem no concelho da Covilhã duas e meia têm a minha paternidade, daí afirmar que estou como peixe na água”.

 

A propósito de florestas, a freguesia mais afectada este ano no concelho da Covilhã pelos incêndios foi Cortes do Meio. Foi nesta aldeia, que no domingo, no decorrer das comemorações dos 118 anos da Banda Cortense, o vereador anunciou um investimento entre 150 a 200 mil euros para que “a aldeia possa renascer das cinzas”.

 


  Redes Sociais   Facebook

2007—2017 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados