RCB/TuneIn
Quarta, 22 Nov 2017
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
CULTURA
ESART: "APOSTAMOS NA FORMAÇÃO DE QUALIDADE"
Rádio Cova da Beira
Nas comemorações do 18º aniversário da Escola Superior de Artes Aplicadas do Instituto Politécnico e Castelo Branco, o director daquele estabelecimento de ensino superior destacou a opção dos jovens estudantes, que, ao escolher a Escola Superior de Artes Aplicadas reconhecem "o trabalho aqui desenvolvido”.
Por Paulo Pinheiro em 10 de Nov de 2017

Outras da categoria:

“Apostamos na formação de qualidade, e o reconhecimento externo do trabalho dos alunos e diplomados, enche-nos de orgulho, pela distinção de alguns, pela participação de outros em iniciativas reconhecidas pelos seus pares, nas diferentes áreas de formação. Só dessa forma serão conseguidos os objectivos a que nos propomos e que integram a nossa visão do ensino superior politécnico", disse José Filomeno Raimundo

 

Actualmente com 800 alunos, distribuídos pelas áreas de Design e da música, "a ESART tem mantido, com determinação, uma cultura, e uma visão de futuro permanentes, um desenvolvimento que a coloca entre as melhores escolas de música e design do país", refere a instituição.

Durante a sessão comemorativa dos 18 anos de existência da escola, o presidente do IPCB, Carlos Maia que se encontrava em trabalho no exterior, enviou uma mensagem onde felicitou toda a comunidade académica pelo trabalho desenvolvido ao longo dos dezoito anos agora comemorados. O presidente da instituição deixou um agradecimento a todos os que integram a ESART pelo “envolvimento, pelo empenho e pelo comprometimento” para com a Escola, realçando ainda que a ESART “cedo se emancipou e fez autonomamente o seu caminho, sendo actualmenteuma referência no ensino superior artístico em Portugal”.

O vice-presidente do IPCB, António Fernandes, em representação do presidente da instituição, destacou a importância da ESART no contexto interno do IPCB, apresentando dados sobre o número total de estudantes da escola referiu-se também ao contexto externo, valorizando todo o percurso da ESART, designadamente o impacto das actividades da Escola na dinâmica cultural e artística da região. Salientou o notório reconhecimento externo patente nos prémios obtidos a nível nacional e internacional.

 

Já o vice-presidente da autarquia albicastrense afirmou ser um orgulho poder contar com a ESART no concelho e na região “é um orgulho encontrar o resultado positivo do trabalho de alunos e diplomados em diferentes pontos de Portugal e até mesmo no estrangeiro”, disse.


  Redes Sociais   Facebook

2007—2017 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados