RCB/TuneIn
Sexta, 17 Nov 2017
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
POLÍTICA
FUNDÃO: À QUARTA FOI DE VEZ
Rádio Cova da Beira
Ontem à noite, na segunda reunião para formar o executivo da União de freguesias de Fundão, Valverde, Donas, Aldeia de Joanes e Aldeia Nova do Cabo, foi aprovada a quarta proposta de Malícia Trindade. Assim, além do presidente, fazem parte do novo executivo Francisco Oliveira e Sandra Félix, da lista DAR, João Salvado e Duarte Rosa do Partido Socialista.
Por Paula Brito em 07 de Nov de 2017
 

Uma proposta aprovada com sete votos a favor e seis contra. Apesar de concordar com os nomes o PS votou contra porque não pretendia abdicar do segundo e quarto lugares. No final, João Salvado reconheceu que não era este o desfecho que esperava.

“Não porque, como já falámos na última reunião, não prescindíamos do segundo e do quarto lugar, mas a votação foi assim, temos que a aceitar e para bem do Fundão vamos fazer um bom trabalho durante quatro anos, cá estaremos para trabalhar em equipa. Não foi o melhor desfecho porque queríamos o lugar de secretário e de vogal mas estaremos no executivo com muito empenho”.

Foi o eleito da CDU que acabou por viabilizar o executivo por considerar que estava assegurada a proporcionalidade e encontrados os nomes que foram negociados após uma reunião que Malícia Trindade pediu com cada uma das bancadas, depois de ver chumbada a primeira proposta onde propunha os mesmos nomes da lista DAR e Dulce Milheiro e Duarte Rosa do PS com o argumento de cada elemento pertencer a uma das localidades que constituem a actual União de freguesias.

Para José Maria Isidoro estavam reunidas as condições para viabilizar a junta de freguesia.

“Nós sempre dissemos que desde que a proporcionalidade estivesse cumprida nós aprovaríamos, mas exigíamos também que as propostas fossem discutidas porque as imposições que surgiram inicialmente nunca as vimos como aceitáveis. A partir do momento que a lista do PS aceitou os nomes que neste momento fazem parte da junta vimos como correto darmos anuência a esta lista”.

Eleita a junta teve lugar a eleição da mesa da assembleia de freguesia. Duas listas foram submetidas à votação; a primeira apresentada pelo PS com dois elementos do Partido Socialista e um da lista DAR, a segunda apresentada pela lista DAR com um elemento de cada força política eleita (DAR, PS e CDU). José Maria Isidoro prescindiu do lugar na mesa da assembleia recordando que a CDU já tinha dito que não queria lugares e acabou por viabilizar a lista apresentada pelo PS.

Assim, José Luís Gadanho (PS) é o novo presidente da mesa da assembleia de freguesia que é ainda constituída por Fernando Gonçalves da lista DAR e Paulo Borges do Partido Socialista.

No final, Malícia Trindade disse que o impasse só foi ultrapassado porque a lista DAR foi flexível e cedeu, ao contrário das restantes forças políticas.

“Só foi possível devido à flexibilidade que nós tivemos para ultrapassar este impasse, mas alguém aqui não cedeu um milímetro, que foi o PS e a CDU, o que significa que ambos estavam concertados. A DAR cede na eleição para a junta de freguesia, com o voto da CDU que na primeira vez votou contra, e não ganha a presidência da assembleia, o que significa que a CDU, ou pelo menos o Sr. José Maria Isidoro estava concertado com o Partido Socialista”.

O executivo tomou posse logo após a eleição. Para esta quarta-feira está marcada a primeira reunião do executivo onde Malícia Trindade vai distribuir os lugares, uma vez que a eleições ontem realizada foi apenas de quatro vogais, cabendo agora ao autarca a nomeação do executivo.


  Redes Sociais   Facebook

2007—2017 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados