RCB/TuneIn
Sexta, 24 Nov 2017
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
DESPORTO
PROTOCOLO ASSINADO
Rádio Cova da Beira
O Estrela Campo da Aviação e a Casa do Menino Jesus assinaram um protocolo de colaboração para que um grupo de crianças e jovens que se encontra institucionalizado possa praticar atletismo naquela colectividade. A actividade começou a ser desenvolvida no passado mês de Setembro mas o acordo só agora foi formalizado.
Por Nuno Miguel em 02 de Nov de 2017
Vítor Ferreira, presidente da direcção do Estrela Campo da Aviação, sublinha que sete crianças já estão a ser abrangidas por este acordo e o número só não é superior devido a dificuldades ao nível dos transportes “estamos a trazer as crianças da casa para praticarem desporto, nomeadamente atletismo, que é algo muito importante para eles. Nós estamos sempre dispostos a fazer este tipo de parcerias. Para já estão sete crianças envolvidas, começámos com esta ideia em Setembro e o número não pode ser maior porque não temos viaturas para transportar mais”.    
Guida Dias, presidente da direcção da casa do Menino Jesus, refere que este acordo está inserido numa estratégia de valorização da instituição que os actuais órgãos sociais pretendem levar por diante “para nós representa uma grande alegria uma vez que sentimos que há muita gente na cidade que apoia a casa e os meninos que vivem nela. Nós queremos continuar a valorizar a instituição e por isso é com muita satisfação que assinámos este protocolo para que os nossos meninos possam ter mais actividades desportivas e foi com muito agrado que recebemos esta ideia por parte do estrela”
A formalização deste acordo foi feita à margem da décima edição da nocturna “Rompe Pernas”, que decorreu na passada terça-feira. Na mente do coordenador da iniciativa, Nuno Gravito, está já a preparação da próxima edição com a certeza de que irá regressar ao centro da cidade “a próxima edição vai ser especial ano novo e queremos realizá-la na primeira semana do ano. Pretendemos realizar um percurso dentro do casco histórico da Covilhã onde existem várias zonas que são propícias ao desenvolvimento de uma actividade destas. Eu gostava que a próxima edição também tivesse uma participação elevada de pessoas que gostam da actividade à semelhança do que tem acontecido até agora”. 

  Redes Sociais   Facebook

2007—2017 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados