RCB/TuneIn
Quarta, 22 Nov 2017
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
POLÍTICA
DESIGUALDADES NO PODER LOCAL
Rádio Cova da Beira
No dia municipal para a desigualdade, o CDS-PP da Covilhã lamenta que uma vez mais o executivo da União de freguesias de Covilhã e Canhoso não conte com a presença de nenhuma mulher. Um “reparo” que o CDS-PP decide fazer neste dia questionado se este conceito de pluralidade democrática está correto.
Por Paula Brito em 24 de Oct de 2017
 

O CDS-PP decidiu viabilizar o executivo assumindo a responsabilidade para que foi eleito, ou seja, fazer oposição. “Uma oposição que queremos que seja construtiva, dinâmica e fundamentalmente que ajude a desenvolver a União de freguesias de Covilhã e Canhoso, mas não iremos ser pactuantes com este ou qualquer outro tipo de situações que atropelem a pluralidade da nossa democracia.” Referem em comunicado onde recordam as palavras do presidente da junta no discurso da tomada de posse “todos somos importantes para o desenvolvimento da UFCC”, todos inclusive as senhoras, acrescenta o CDS-PP da Covilhã.


  Redes Sociais   Facebook

2007—2017 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados