RCB/TuneIn
Quarta, 22 Nov 2017
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
POL√ćTICA
AMC TOMOU POSSE
Rádio Cova da Beira
João Casteleiro espera que nova Assembleia Municipal da Covilhã (AMC) seja um órgão defensor do interesse dos covilhanenses, do município e do interior. Durante o discurso de tomada de posse, o novo presidente da assembleia municipal, agradeceu a todos o que fizerem, no passado, pela Covilhã, e disse o que espera do futuro.
Por Paula Brito em 23 de Oct de 2017
 

 “A Assembleia Municipal será sempre um órgão de defesa dos cidadãos e do município em si, e terá sempre como pressuposto a ajuda a todos os órgãos autárquicos no sentido da complementaridade reivindicativa, face às discrepâncias do país que continua a ter dificuldade em implementar medidas de discriminação positiva para o interior, apesar da existência e até  boa vontade de alguns responsáveis da Unidade de Missão para a Valorização do Interior”.

João Casteleiro saudou as diferenças do novo órgão, que será composto por cinco bancadas, mas entende que é mais o que os une do que aquilo que os separa.

“Esta assembleia será o que nós em conjunto quisermos, apesar das divergências naturais e até saudáveis, mas não deixarei de repetir a minha maior convicção é muito mais o que nos une do que aquilo que nos divide”.

João Casteleiro, preside à assembleia municipal da Covilhã, da mesa fazem ainda parte Paulo Ranito e Graça Sardinha. A única lista que se apresentou para constituir a mesa  obteve 30 votos a favor, quatro contra e nove em branco.

A nova assembleia municipal é constituída por 22  elementos: 11 da bancada do PS (João Casteleiro, Hélio Fazendeiro, Maria Graça Sardinha, Paulo Ranito, Jerónimo Leitão, Catarina Mendes, António Pitrez, Pina Simão, Joana Sardinha, Nuno Pedro e João Quelhas Gaspar), quatro eleitos pelo movimento “De Novo Covilhã” (Luís Fiadeiro, Bernardino Gata, Teresa Pereira, que tomou posse em substituição de Maria Lurdes Lourenço que renunciou ao cargo, e António João Rodrigues), três eleitos do CDS-PP (Assunção Vaz Patto, Graça Castelo Branco e João Vasco Caldeira), dois eleitos da coligação PSD/PPM (João Deus e Marco Aurélio) e dois eleitos da CDU (Vítor Reis Silva e Pedro Manquinho).

Da assembleia municipal fazem ainda parte, por inerência, os presidentes das 21 freguesias do concelho.  


  Redes Sociais   Facebook

2007—2017 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados