RCB/TuneIn
Sexta, 24 Nov 2017
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
POLÍTICA
PROPOSTAS REJEITADAS
Rádio Cova da Beira
Tomaram posse esta quinta-feira, 19 de Outubro 2017, os membros eleitos para a assembleia de freguesia da União de Freguesias do Fundão, Valverde, Donas, Aldeia de Joanes e Aldeia Nova do Cabo. Manuel Malícia Trindade, o líder da lista mais votada nas últimas eleições autárquicas, assume novamente o cargo de presidente da autarquia.
Por Paulo Pinheiro em 20 de Oct de 2017

De acordo com a lei, cabe ao presidente da junta apresentar a proposta de lista dos membros que irão integrar o executivo e à assembleia de freguesia aprová-la ou não.

 

Na sessão, que decorreu no salão da junta da União, no Fundão, e que registou a presença de mais de duas dezenas de pessoas, Manuel Malícia Trindade viu reprovadas as duas propostas que apresentou.

 

A primeira, apenas formada por elementos da lista mais votada (DAR): Francisco Gonçalves, Sandra Félix, Sebastião Pereira e Fernando Gonçalves. Colocada à votação foi rejeitada com sete votos não e seis votos sim.

 

A segunda lista integrava dois elementos da DAR (Francisco Gonçalves e Sandra Félix) e dois elementos do PS (Dulce Milheiro e Duarte Rosa). Esta opção foi justificada pelo presidente da junta com o facto de defender que no executivo estejam elementos que representem todas as freguesias que integram a União. Da lista DAR Francisco Gonçalves (Valverde) e Sandra Félix (Aldeia Nova do Cabo). Pelo PS, Dulce Milheiro (Aldeia de Joanes) e Duarte Rosa (Donas) “ficando desta forma assegurada a pluralidade dos membros e a proporcionalidade defendida pela CDU”, refere Malícia Trindade. Esta opção também não mereceu a concordância da assembleia e verificou-se um resultado diferente do registado na primeira votação: oito votos contra e cinco votos a favor.

 

Face ao impasse, o presidente da junta eleito decidiu suspender a sessão, que é retomada no dia 6 de Novembro, pelas 21:00h.

 

A deliberação mereceu críticas do Partido Socialista e da Coligação Democrática Unitária.

“Isto não pode ser assim. A lei não pode servir para tudo dessa forma. A democracia anã pode ser um conceito abstrato ou sem substância como os senhores querem que seja, não pode ser! Então para que é que serviram as eleições Acho que a sensibilidade sobre o assunto deve prevalecer caso contrário não dá”, disse o eleito da CDU, José Maria Isidoro.

 

Depois de recordar que a lista DAR ganhou as eleições com uma margem de apenas 158 votos “uma coisa mínima”, João Salvado, líder da bancada do PS, sublinhou que com a percentagem obtida de 40,65% o Partido Socialistas “não pode defraudar o eleitorado que nos quer ver no executivo para partilhar todos os problemas do Fundão. Esta é também a vontade da nossa equipa que decidiu, seguindo o método Hondt, não abdicar do segundo e quarto lugares. João Salvado na segunda posição e a Sandra Pedrosa na quarta. Esta é a vontade do povo e vamos defende-la até ao fim. Der por onde der”, defendeu.

 

Para além do presidente da junta da União de Freguesias de Fundão, Valverde, Donas, Aldeia de Joanes e Aldeia Nova do Cabo Na sessão tomaram posse os 12 elementos eleitos para a assembleia de freguesia :

DAR: Francisco Gonçalves, Sandra Félix, Sebastião Pereira, Fernando Gonçalves e Filomena Costa Hilário.

 

PS: João Salvado, Sandra Isabel Pedrosa, José Luís Gadanho, Dulce Milheiro, Duarte Cruz Rosa e Paulo Borges.

 

CDU: José Maria Isidoro


  Redes Sociais   Facebook

2007—2017 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados